Calculo da hidratação: veja o quanto de água é preciso beber no inverno

D0250960-8563-0137-8fa4-6231c35b6685--minified

As baixas temperaturas não são as únicas a caírem no período do inverno. O consumo de água também diminui durante a época, o que gera preocupação nos especialistas. Apesar da redução da sensação de sede, a água é um importante líquido para o corpo, principalmente por evitar problemas renais, doenças de pele e desidratação.

A insuficiência renal aguda ou crônica podem ser consideradas dois exemplos de enfermidades pela falta da ingestão correta de água, que prejudicam no funcionamento dos rins. De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, o número de pacientes com doença renal crônica, que necessitam de diálise, cresceu mais de 100%, passando de 42 mil em 2000, para 122 mil em 2016.

Mas, será que existe uma quantidade ideal de água para ser ingerida diariamente? De acordo com a professora de nutrição da faculdade Pitágoras, Dieli Oliveira Nunes, sim! “A ingestão média é de 3,7 litros para homens e 2,7 litros para mulheres. Já para as crianças, esse volume reduz, sendo a recomendação para meninos e meninas na faixa de 4 a 8 anos a ingestão hídrica de 1,7 litros de água por dia”, comentou a professora.

Porém, o volume ingerido varia de acordo com as características de cada indivíduo e pode ser determinado individualmente, por exemplo, baseando-se no peso ou nas necessidades energéticas. “É importante ressaltar que uma ingestão de água mais elevada pode ser necessária em situações como doença, aumento da atividade física e exposição à temperatura ambiental mais elevada”, alertou Dieli.

Quais os cuidados durante o inverno?

O corpo também precisa repor as necessidades hídricas nesta época do ano. Independente da estação, o baixo consumo de água pode comprometer a saúde, podendo prejudicar as funções bioquímicas das células, bem como o sistema vascular e urinário, além de levar a desidratação. Por isso, é importante beber água durante todo o dia.

Qual a importância do consumo de água para o nosso organismo?

O corpo só funciona com água. Num ser humano adulto saudável, cerca de 70% de seu peso corporal constitui-se de água, encontrada dentro e fora das células. Com isso, a água desempenha funções importantes no organismo: serve como meio para transporte de gases, nutrientes e produtos do metabolismo celular; atua como lubrificante das articulações; compõe as secreções digestivas e mucosas aéreas; regula a temperatura corporal, além de representar o solvente universal que participa de diversas funções químicas essenciais à vida.

Quais os riscos ao beber pouca água?

As crianças e os idosos fazem parte desse grupo de risco susceptível a desidratação. “A perda de 20% da água corporal pode causar morte, enquanto que a perda de apenas 10% causa distúrbios graves, como diminuição do volume sanguíneo, desempenho físico prejudicado, fraqueza aumentada, tontura, náuseas, dor de cabeça, deficiência para regular a temperatura corporal, mucosa do nariz e da boca secas, urina concentrada, além da função renal deficiente”, listou a especialista.

Hidratação além da água

De modo geral, todas as bebidas hidratam! Além disso, também é possível encontrar água nos alimentos, principalmente em verduras, frutas e legumes. Para repor os líquidos perdidos pelo corpo ao longo do dia, é importante criar o hábito de ingerir líquidos mesmo quando não se está com sede. Podemos ingerir água de coco, água saborizada, chás, frutas e sucos de frutas são alternativas que podem ser consumidas ao longo do dia.

A especialista alerta que as pessoas evitem os sucos e alimentos industrializados porque estes aumentam a concentração de carboidrato. “Vale lembrar que sucos, refrigerantes e isotônicos possuem alto teor de açúcar e calorias, que colaboram para o aumento da glicemia. Bebidas alcoólicas podem ter o efeito inverso, ou seja, de desidratar o organismo, dependendo do teor do álcool”, comentou Dieli.



Outras Notícias


Setembro Dourado alerta para sinais e sintomas do câncer em crianças e adolescentes

Estudos mostram que oxigênio em excesso matou seres vivos na Terra

Caixa divulga calendário de saques do FGTS

Ministério da Saúde tira dúvidas sobre transmissão do sarampo

MP garante pensão a crianças nascidas com microcefalia ligada ao zika

Corte de bolsas pode afetar núcleos da Ufes que atendem a comunidade

População carcerária cresceu 45% nos últimos cinco anos no Espírito Santo

Prefeito de Itapemirim tem bens bloqueados na Justiça por contratação de bufê

Santa Teresa de Calcutá

Incêndio em área da Suzano se alastra até Terra Indígena

Ufes projeta um déficit mensal de R$ 2,8 milhões em seu orçamento após cortes

Espírito Santo vai realizar ato em defesa da Amazônia nesta sexta (23)

Nossa Senhora Rainha

Entenda as principais mudanças da MP da Liberdade Econômica

Assunção de Nossa Senhora

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.