Evangélicos iriam contra Palocci se 'kit-gay' não fosse vetado

Dilma_campos_montagem213576

O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) afirmou nesta quarta-feira que, para convencer o governo a suspender a produção do material de combate à homofobia, que seria distribuído a cerca de 6 mil escolas de ensino médio, a bancada evangélica da Câmara ameaçou não colaborar com os projetos do Executivo.

O Líder da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado João Campos (PSDB – CE), afirmou que afirmou que a bancada se reuniu e decidiu que, se o governo insistisse com o kit, bloqueria votação na Câmara e apoiaria a convocação de Palocci para dar explicações sobre as denúncias do jornal “Folha de S. Paulo”.

De acordo com Garotinho, a CPI já tinha até nome escolhido. “Seria a CPI do MEC”, disse o deputado ao sair da reunião com Gilberto Carvalho, no Palácio do Planalto.
Garotinho acusa o ministro da Educação, Fernando Haddad, de não ter cumprido um acordo selado com a bancada religiosa. “Ele (Haddad) saiu da reunião com o compromisso de um pacto pela convivência harmônica. Dias depois, falou coisas diferentes na imprensa. Ele disse que tinha aprovado o material, que não via nada de mais e que o material iria adiante. Em função disso, ontem deputados se reuniram e deliberaram algumas posições”, disse.

Garotinho informou que a reunião no Palácio do Planalto foi chamada pelo próprio Gilberto Carvalho. “O ministro nos telefonou e pediu que fizéssemos uma intervenção com as bancadas católica e evangélica para que não levássemos adiante o que deliberamos ontem após o ministro (Haddad) ter descumprido sua palavra”, disse Garotinho.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.