Governo não vai fazer propaganda de opções sexuais, diz Dilma sobre “kit gay”

Dilma1

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (26) que o governo não vai “fazer propaganda de opções sexuais”, ao justificar sua decisão, tomada ontem, de suspender o material didático anti-homofobia que seria distribuído às escolas no segundo semestre.

Apelidado de “kit gay”, o material continha vídeos narrando histórias fictícias de adolescentes que sofriam preconceito na escola por assumirem ser travesti, bissexual ou lésbicas.

- O governo defende a educação e também a luta contra práticas homofóbicas. No entanto, não vai ser permitido a nenhum órgão do governo fazer propaganda de opções sexuais. De nenhuma forma nós podemos interferir na vida privada das pessoas.

Ela acrescentou que não concorda com o kit, embora tenha admitido que não assistiu aos vídeos na íntegra.

- Não acho que o kit faça defesa de práticas não homofóbicas. Não assisti aos vídeos, mas há um pedaço que vi na televisão, passado por vocês [mídia], que não concordo.

A presidente fez questão de se aproximar da imprensa após cerimônia no Palácio do Planalto em que anunciou a construção de 454 quadras esportivas em escolas, 138 creches e doação de 30 mil bicicletas para estudantes carentes.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.