'Cowboy'Ex-BBB morto no interior de SP tinha dívida com agiotas

Cowboy-

O ex-BBB André Luis Gusmão de Almeida, morto com um tiro na nuca na madrugada da última quarta-feira, em Alumínio (SP), tinha dívidas com agiotas. Ele foi cobrado por três credores em março deste ano e acabou discutindo com eles por não concordar com o total do débito, que ficou aberto.

A informação obtida pelos investigadores foi confirmada pela mulher da vítima, Luciana Gusmão de Almeida, em depoimento prestado nesta quinta-feira na delegacia da cidade. Luciana, no entanto, acredita que o marido foi morto por ladrões. Ela disse que um televisor e um notebook teriam sido levados pelos autores do crime.

A mulher e os filhos não conseguiram dar mais informações sobre os possíveis criminosos. Segundo Luciana, a chácara é mal iluminada e tem vários pontos de saída. Também não há vizinhos próximos.

A polícia continua investigando a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte), mas não descarta uma outra linha de investigação. Já se apurou que Almeida estava devendo parte do valor que pagou por sua chácara e não tinha completado o pagamento de um carro. Ele teria ainda dívidas do lançamento de uma revista, um negócio mal sucedido.

Almeida ficou conhecido por sua participação na 9ª edição do reality show Big Brother Brasil, da TV Globo, em 2009.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.