Conselho concede aos detentos gays direito à visita íntima

Presidiomt

Uma resolução do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) recomenda que os detentos gays tenham direito à visita íntima nos presídio do país. O conselho é ligado ao Ministério da Justiça.

A nova recomendação sobre a “população carcerária LGBT” é direcionada aos departamentos penitenciários estaduais ou órgãos congêneres, tendo sido publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

De acordo com o texto, “o direito de visita íntima é, também, assegurado às pessoas presas casadas entre si, em união estável ou em relação homoafetiva”. E a direção da instituição prisional “deve assegurar a pessoa presa visita íntima, de, pelo menos, uma vez por mês”.



Publicidade


Outras Notícias


Reumáticos não devem se vacinar contra Febre Amarela

Correios vão virar operadora de celular a partir de fevereiro

MARATAÍZES ABRE OFICIALMENTE O VERÃO NESTA SEXTA (20) COM SHOW NACIONAIS

Procon divulga pesquisa de preços de material escolar em Cachoeiro

Febre amarela: vacina é para quem vai viajar para área de risco

Para Fiocruz, crime da Samarco-Vale-BHP pode ser causa do surto de febre amarela

Santo Antão, exemplo de castidade, de obediência e pobreza

Santo Amaro, exemplo de virtude

ES anuncia vacina contra febre amarela para 23 cidades

Santo Hilário de Poitiers, combateu o Arianismo do Oriente

Brasil está sentado em 'bomba-relógio', diz especialista sobre febre amarela

São Bernardo, modelo de vida na pobreza

Cachoeiro já vacina meninos contra vírus HPV

Feira livre da Praça de Fátima em novo horário

São João Nepomuceno Neumann, defensor da liberdade

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.