Após ser solto, Strauss-Kahn volta a ser acusado de violência sexual

Jornalistaabusada (1)

O ex-diretor-geral do FMI Dominique Strauss-Kahn voltou a ser acusado de abusar sexualmente de uma mulher. Dessa vez, a vítima é a jornalista e escritora Tristane Banon, de 31 anos, que acusa Strauss-Kahn de tentar estuprá-la em 2002.

“Minha cliente, Tristane Banon, apresentará uma queixa por tentativa de estupro contra Strauss-Kahn. Abrirei o processo nesta terça-feira, dia 5 de julho, na promotoria, que o receberá na quarta-feira pela manhã”, afirmou o advogado de Banon, David Koubbi.

Na última semana, Dominique Strauss-Kahn foi libertado depois que a promotoria apresentou provas de supostas mentiras e contradições durante o depoimento de uma camareira de um hotel de Nova York, que acusou o ex-diretor-geral de abuso sexual. O caso chegou a causar a renúncia de Strauss-Kahn.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.