Pessoas altas correm mais riscos de possuir câncer, segundo pesquisa

Altura_pesquisa

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Oxford, pessoas altas teriam maior risco de desenvolver um câncer ao longo da vida. A cada dez centímetros de altura, o risco de possuir a doença, cresce em 16%.

O estudo foi realizado entre o período de 1996 e 2001, acompanhando 1,3 milhão de mulheres de meia-idade na Grã-Bretanha.

As mulheres consideradas baixas, cerca de 1,52m, foram registrados 750 casos, enquanto entre as de altura mediana, com 1,62m, o número subiu para 850 casos e já nos grupos das mais altas de 1,75m, houve um aumento considerável, chegando a 1 mil casos.

Embora o estudo ter analisado apenas dados de mulheres, segundo os pesquisadores, a relação com a altura também está presente nos homens. Foram feitas pesquisas semelhantes com o sexo masculino, onde mostravam resultados parecidos com as do feminino.

Pesquisadores acreditam que a explicação por trás desse acontecimento, seria a quantidade de hormônio do crescimento presentes na infância, influenciando assim dois fatores. Primeiro é o número de células que podem sofre mutações, o que levaria ao câncer e o segundo seria o aumento das taxas de divisão celular, o que aumentaria os riscos.

Mesmo com as pesquisas feitas, estudiosos ainda admitem não saberem a razão por trás dos resultados.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.