Juíza do caso Bruno teria cobrado R$ 1,5 milhão por habeas corpus e é afastada

Juizastarling2

A juíza que cuidava do caso do ex-goleiro Bruno, Maria José Starling, foi afastada nesta quarta-feira da comarca de Esmeraldas. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), sob suspeita de que ela teria negociado a venda de habeas corpus ao jogador.

Getúlio Barbosa de Queiroz, advogado da juíza, afirma sua inocência.

De acordo com Ingrid Calheiros, noiva de Bruno, Maria José pediu R$ 1,5 milhão em troca da liberdade do ex-goleiro. Em junho, ele foi à comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais e repetiu a história.

Segundo o deputado Durval Ângelo (PT), presidente da comissão, a juíza foi afastada por conta do processo administrativo movido por um desembargador do TJ.

O deputado também representou contra a juíza sobre suposto plano de venda de habeas corpus.

No placar pelo afastamento de Maria José, a decisão foi quase unânime: 23 votos a favor e apenas dois contra.
Fonte:SRZD



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.