Pastor que tentou pagar fiança com cheque sem fundos pode voltar para cadei

1313428204626_pastor(2)

O pastor Wladimir da Silva Furtado, um dos suspeitos de desvio de dinheiro em convênios firmados pelo Ministério do Turismo, pode voltar para a prisão depois de pagar a fiança com cheque sem fundo. O advogado Maurício Pereira diz que vai apresentar nesta segunda-feira o pastor, que não conseguiu arrecadar dinheiro suficiente para cobrir o cheque de R$ 109 mil. Ele foi preso depois da Operação Voucher, da Polícia Federal.

Em entrevista a uma rádio e a uma “TV do Amapá”, na manhã desta segunda, ele disse que não tem dinheiro para cobrir o cheque caução. Ele pediu doações de cem a mil reais para fiéis e amigos, a serem depositadas na conta da mulher dele, que foi quem assinou o cheque. “Guarde o comprovante, que vamos devolver o seu dinheiro depois”.

Maurício Pereira disse que se não conseguir as doações de parentes, amigos e pessoas da igreja, ele, por iniciativa própria, se reapresentará à Justiça Federal e poderá ser preso novamente. Wladimir negou ter dito ao jornal “O Estado de S. Paulo” que tenha recebido uma oferta da deputada Fátima Pelaes (PMDB-AP) para ser laranja dela.

O pastor Wladimir da Silva Furtado disse que nem ele mesmo sabe como a cúpula do Ministério do Turismo aprovou a liberação de recursos para sua ONG, a Conectur (Cooperativa de Negócios e Consultoria Turística). Ele tem quatro condenações no Tribunal de Contas da União (TCU).
Fonte:SRZD



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.