Caso da juíza Patrícia Acioli: oito PMs são suspeitos de envolvimento no crime

0,,55594644,00

A Divisão de Homicídios (DH) suspeita que pelo menos oito policiais militares estejam envolvidos no assassinato da juíza Patrícia Acioli, morta com 21 tiros na Região Oceânica de Niterói, no último dia 11. Os PMs tiveram a prisão preventiva decretada por ela no mesmo dia em que foi executada. A principal linha de investigação adotada pela DH é a detenção dos agentes. Entre eles estão um tenente, dois cabos e cinco soldados que formavam o Grupo de Ações Táticas (GAT) do 7º BPM (Alcântara).

Por ordem da Justiça, o sigilo telefônico dos oito policiais foi quebrado. Os investigadores da DH apuram as ligações feitas pelo grupo principalmente nos dias 11, 12 e 13. Nesse período, seis dos oito PMs suspeitos foram presos.

Testemunhas ligadas profissionalmente à juíza disseram que os oito PMs teriam ficado visivelmente irritados com a decisão da magistrada. Essas declarações levantaram as suspeitas dos investigadores da DH.

Os policiais são acusados da execução de Diego de Souza Beliene, de 18 anos, irmão de um traficante da favela do Salgueiro, em São Gonçalo. De acordo com a denúncia, eles teriam entrado na favela, matado o rapaz e simulado um confronto. Na ocasião, Patrícia Acioli avisou que não iria tolerar a proliferação de execuções, sob o pretexto de terem sido autos de resistência, morte em confronto.
Fonte:SRZD



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.