Greve dos 'Coveiros' em São Paulo

Estadogr

Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o fim da greve dos servidores funerários municipais. O desembargador David haddad tomou a decisão liminar na quarta-feira, mas ela foi publicada somente nesta quinta-feira. Segundo a decisão provisória, caso o sindicato da categoria não dê fim a paralisação, uma multa diária de R$ 60 mil vai ser aplicada. Os funcionários podem recorrer.

Haddad destaca que o sindicato não está cumprindo uma ordem judicial e deve se abster de promover paralisação total ou parcial das atividades de seus representados. O valor da multa pode ser alterado conforme manifestação do sindicato.

Os serviços funerários da capital paulista são os mais afetados pela greve. A Prefeitura deverá contratar 15 carros de empresas particulares para auxiliar nos transportes de corpos e 262 guardas-civis foram deslocados para dirigir os carros do serviço funerário municipal até que ele se normalize. Porém, os guardas não têm experiência no serviço e não tem habilidade para manusear os caixões, o que atrasa o trabalho.



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.