Greve dos 'Coveiros' em São Paulo

Estadogr

Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o fim da greve dos servidores funerários municipais. O desembargador David haddad tomou a decisão liminar na quarta-feira, mas ela foi publicada somente nesta quinta-feira. Segundo a decisão provisória, caso o sindicato da categoria não dê fim a paralisação, uma multa diária de R$ 60 mil vai ser aplicada. Os funcionários podem recorrer.

Haddad destaca que o sindicato não está cumprindo uma ordem judicial e deve se abster de promover paralisação total ou parcial das atividades de seus representados. O valor da multa pode ser alterado conforme manifestação do sindicato.

Os serviços funerários da capital paulista são os mais afetados pela greve. A Prefeitura deverá contratar 15 carros de empresas particulares para auxiliar nos transportes de corpos e 262 guardas-civis foram deslocados para dirigir os carros do serviço funerário municipal até que ele se normalize. Porém, os guardas não têm experiência no serviço e não tem habilidade para manusear os caixões, o que atrasa o trabalho.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.