Projeto que aumenta tempo do aviso prévio é aprovado na Câmara

Carteira_de_trabalhoimagens2

A Câmara aprovou nesta quarta-feira o projeto que aumenta o prazo de concessão do aviso prévio nas demissões sem justa causa. O trabalhador terá o direito de receber até o máximo de 90 dias proporcionalmente ao tempo de serviço prestado na mesma empresa. O projeto também garante o acréscimo de três dias a mais por cada ano aos empregados que tenham um ano trabalhado. O projeto já foi aprovado pelo Senado e, para tornar lei, precisa agora da sanção da presidente Dilma Rousseff.

Atualmente, o aviso prévio é concedido no máximo por 30 dias, a partir do primeiro ano de trabalho ou proporcionalmente aos meses de serviço. Para obter o máximo de 90 dias, o funcionário terá de ter 20 anos ou mais de serviço. Ou seja: o trabalhador que estiver na mesma empresa por dez anos terá o direito a receber dois meses de aviso prévio (um que já tinha direito mais os 30 dias referentes aos dez anos de serviço).

Segundo o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), a proposta não será estendido para os que já foram demitidos antes da publicação da lei. O presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), vai orientar os sindicatos a recorrerem à Justiça. Segundo o dirigente sindical, a legislação atual garante o prazo de dois anos para que o trabalhador reclame perdas trabalhistas na Justiça.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.