Enem 2011: Justiça do Ceará pede a anulação de mais uma questão

Enem_div_21456

O procurador Oscar Costa Filho, do Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE), pediu nesta quinta-feira à Justiça Federal que anule mais uma questão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. Será a décima quarta questão anulada, se o pedido for aceito. De acordo com o pedido, anunciado no início da semana, mas protocolado apenas hoje à tarde, isso deve ocorrer porque a pergunta 25 do caderno amarelo do Enem é muito similar a uma que foi usada em um teste aplicado no Colégio Christus, de Fortaleza.

De acordo com a assessoria do MPF-CE, o pedido de anulação da questão não é um recurso, e sim um requerimento . A assessoria do MPF informa que o procurador optou por pedir a anulação dessa questão só agora porque inicialmente queria tratar apenas das questões idênticas.

A pergunta que motivou o requerimento é referente ao crime de tortura no país. O trecho do texto usado para o mesmo nas duas provas. Há poucas diferenças no enunciado e nas cinco opções de resposta, sendo que a alternativa correta é a mesma em ambos os casos.

O MPF também acredita que, mesmo que o Ministério da Educação (MEC) recorra da liminar que anulou as 13 questões no início da semana, a anulação será mantida pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, uma vez que a decisão da primeira instância está terá 14 questões anuladas, cerca de 7,7% do total de 180.

O pedido para que os itens fossem cancelados foi feito pelo Ministério Público após a constatação de que alunos do Colégio Christus tiveram acesso antecipado a cerca de 14 questões que foram cobradas no exame.

Os cadernos de questões do pré-teste deveriam ter sido devolvidos após a aplicação e incinerados pelo refizessem a prova.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.