Jovem diz ter sido escrava sexual de Gaddafi durante 5 anos

Kadafi

Uma jovem de 22 anos que diz ter sido escrava sexual de Muammar Gaddafi -morto em outubro por revolucionários líbios- conta ao jornal francês “Le Monde” que foi estuprada, ferida e maltratada durante cinco anos pelo ex-ditador.

Segundo o relato dado ao jornal francês, Gaddafi a sequestrou quando ela tinha apenas 15 anos, no colégio em Sirte onde ela estudava. Ela teria sido escolhida entre os alunos para entregar um ramo de flores ao então ditador. “Ele estava constantemente sob os efeitos de alguma substância e nunca dormia”, contou.
Safia, nome usado no “Le Monde” para preservar a identidade da jovem, disse ao jornal que o ex-ditador visitava oficialmente a instituição quando colocou as mãos em suas costas e acariciou os seus cabelos —era o sinal que informava aos seguranças que ele a desejava, como ela teria descoberto mais tarde.

No dia seguinte, três mulheres uniformizadas -Salma, Mabruka e Feiza- foram buscá-la na loja de sua mãe e lhe disseram que Gaddafi queria vê-la e “dar-lhe alguns presentes”. Conta que, na época, não poderia duvidar do ditador, considerado o “príncipe de Sirte” e o “herói” do país, então com 62 anos.

De acordo com a jovem, ela foi levada até uma caravana no deserto onde se encontrou Gaddafi, que lhe perguntou sobre as origens de seus pais e suas condições financeiras. Safia disse que gostaria de permanecer com a família e terminar os estudos, mas depois de lhe oferecerem casas, carros e segurança.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.