Norte-americano é condenado à morte no Irã

Amir_mirzai

O norte-americano descendente de iranianos, Amir Mirzai Hekmati, recebeu sentença de morte pelo tribunal revolucionário de Teerã.

Segundo informou a agência “Fars”, o jovem de 28 anos é culpado por colaborar com os Estados Unidos, exercendo o trabalho de espião para a CIA. Além da espionagem, ele foi condenado por “tentar acusar o Irã de envolvimento com o terrorismo”.

Apesar de ter sido classificado como “moharab” (em guerra contra Deus) e “corrupto na Terra” pelo tribunal, Amir Mirzai pode apelar da decisão judicial.

Os Estados Unidos intervieram com pedido de libertação e os representantes suíços dos interesses americanos em Teerã solicitaram visita ao réu, sem sucesso.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.