Defesa de Bruno admite pela primeira vez que Eliza Samudio foi assassinada

Brunohc1

O advogado do goleiro Bruno Fernandes de Souza, Rui Caldas Pimenta, avisou que a nova tese de defesa do atleta vai afirmar que Eliza Samudio está morta, bem como que Luiz Henrique Romão, o Macarrão, ex-secretário do atleta, é o mandante do crime. Além disso, na Justiça vai ser dito que ele agiu sem conhecimento do jogador, de acordo com informação publicada pela “Folha de S. Paulo”.

A tese de defesa anterior do goleiro alegava que ""sem corpo não há materialidade" estaria incorreta, segundo o novo advogado do goleiro. Ele disse também que o corpo da jovem teria sido devorado por cães.

Bruno está preso há um ano e oito meses sob acusação do desaparecimento e morte da ex-amante. Ele é pai de um filho dela. A jovem está desaparecida desde junho de 2010. Além do goleiro, outras oito pessoas estão envolvidas no caso. Um primo adolescente dele já cumpre medida socioeducativa e os outros aguardam julgamento.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.