Defesa de Bruno admite pela primeira vez que Eliza Samudio foi assassinada

Brunohc1

O advogado do goleiro Bruno Fernandes de Souza, Rui Caldas Pimenta, avisou que a nova tese de defesa do atleta vai afirmar que Eliza Samudio está morta, bem como que Luiz Henrique Romão, o Macarrão, ex-secretário do atleta, é o mandante do crime. Além disso, na Justiça vai ser dito que ele agiu sem conhecimento do jogador, de acordo com informação publicada pela “Folha de S. Paulo”.

A tese de defesa anterior do goleiro alegava que ""sem corpo não há materialidade" estaria incorreta, segundo o novo advogado do goleiro. Ele disse também que o corpo da jovem teria sido devorado por cães.

Bruno está preso há um ano e oito meses sob acusação do desaparecimento e morte da ex-amante. Ele é pai de um filho dela. A jovem está desaparecida desde junho de 2010. Além do goleiro, outras oito pessoas estão envolvidas no caso. Um primo adolescente dele já cumpre medida socioeducativa e os outros aguardam julgamento.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.