Acidente na Suíça mata 22 crianças

Acidente

A aeronave, um Airbus A310, transporta 116 pessoas, entre elas uma equipe de psicólogos especializados neste tipo de drama, segundo explicou aos jornalistas o ministro belga de Defesa, Pieter De Crem, no aeroporto militar de Melsbroek.

Os familiares das vítimas da tragédia chegaram à instalação, nos arredores de Bruxelas, a bordo de um ônibus com os vidros escuros. Eles foram recebidos pelo rei da Bélgica, Alberto II, pelo primeiro-ministro, Elio di Rupo e pelo próprio De Crem.

Segundo explicou o ministro, uma vez cheguem a Genebra, as famílias serão transferidas por estrada aos diferentes centros hospitalares onde as vítimas estão internadas.

Um total de 52 pessoas viajava no ônibus, que se chocou por causas ainda desconhecidas em um túnel na localidade suíça de Serre (sul do país). Destas, 28 morreram e outras estão feridas com diferentes gravidades.

Destroços do ônibus envolvido no acidente em que morreram 28, na cidade suíça de Sierre
A maior parte dos viajantes eram crianças das localidades belgas de Lommel e Heverlee (no norte), que voltavam para casa após férias em uma estação de esqui no vale de Anniviers, nos Alpes suíços.

O prior Dirk De Gendt, que lidera a direção da escola de Heverlee, afirmou à agência “Belga” que morreram o professor e a monitora que acompanhavam os 24 alunos desse centro que viajavam no ônibus.

Segundo informações concedidas pela escola, sobreviveram 16 crianças, entre as quais há feridos graves, mas ainda não se sabe o que aconteceu com outras oito.

Já com relação à escola de Lommel, viajavam 22 crianças e dois acompanhantes. Autoridades locais confirmaram em entrevista coletiva que dois alunos conseguiram entrar em contato com seus pais por telefone, mas não confirmaram o estado de saúde dos outros membros do grupo.
Fonte:Folha



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.