Homem é indiciado sob suspeita de agredir filha em MS

Filha)

Um homem de 30 anos foi indiciado sob suspeita de lesão corporal dolosa depois de ser flagrado em um vídeo agredindo a filha de nove anos, em Campo Grande (MS).

Ele foi denunciado por um vizinho, que filmou as agressões na sexta-feira (13) de manhã. As imagens foram entregues à Polícia Civil, que prendeu o homem em flagrante com base na Lei Maria da Penha. O caso ocorreu no bairro Mário Covas.

Segundo a polícia, no vídeo o pai reclama que a menina retirou um imã de geladeira do lugar e usa um chinelo para bater na criança.

São mais de 20 chineladas, enquanto a criança chora e grita, tentando se explicar. No fim, ele diz para a filha: “E pode chorar aí”. Tudo é presenciado por um bebê de dois anos, enteada do homem, que está no quintal com os dois.

A delegada da Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), Regina Márcia Mota, disse que o homem foi preso em casa, horas depois das agressões. A menina confirmou que havia apanhado antes, tanto do pai quanto da madrasta, de 30 anos.

A mulher não foi detida, porque não havia situação de flagrante e ela não estava envolvida no caso específico.

A menina foi levada para a casa da avó paterna. O pai está detido em uma cela da Polícia Civil.

O advogado Ronei de Souza, que representa o pai da menina, disse que seu cliente reconhece que errou e está arrependido do que fez.

Em primeira instância, a Justiça em Campo Grande concedeu liberdade ao suspeito, mas estipulou fiança de R$ 2.000.

Souza disse que já protocolou um pedido de habeas corpus no TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) para que o homem seja liberado sem pagar o valor, já que não tem condições financeiras para arcar com a fiança.

O nome do pai da criança não foi divulgado para preservar a identidade dela.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.