Só queria ter matado um, diz rapaz que degolou 7 pessoas em Goiás

Preso2-300x247

O jovem Aparecido Souza Alves, 23, afirmou em entrevista que matou e degolou sete pessoas na pequena cidade de Doverlândia, no oeste de Goiás, porque queria roubar o dono da fazenda, seu ex-patrão. “Já tinha matado um, tive de acabar com o serviço”, afirmou.
O Suspeito disse que receberia R$ 50 mil pela morte
A versão de que os crimes foram cometidos por “ganância”, como ele mesmo diz, é mais uma que o desempregado dá para o crime. À polícia já havia apresentado oito versões diferentes -em uma, disse ter sido contratado pelo futuro sogro de Leopoldo, filho do pecuarista, que também foi morto.
Com ar cansado, um olho roxo e a barba por fazer, Alves está preso sozinho em uma cela da Delegacia



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.