Só queria ter matado um, diz rapaz que degolou 7 pessoas em Goiás

Preso2-300x247

O jovem Aparecido Souza Alves, 23, afirmou em entrevista que matou e degolou sete pessoas na pequena cidade de Doverlândia, no oeste de Goiás, porque queria roubar o dono da fazenda, seu ex-patrão. “Já tinha matado um, tive de acabar com o serviço”, afirmou.
O Suspeito disse que receberia R$ 50 mil pela morte
A versão de que os crimes foram cometidos por “ganância”, como ele mesmo diz, é mais uma que o desempregado dá para o crime. À polícia já havia apresentado oito versões diferentes -em uma, disse ter sido contratado pelo futuro sogro de Leopoldo, filho do pecuarista, que também foi morto.
Com ar cansado, um olho roxo e a barba por fazer, Alves está preso sozinho em uma cela da Delegacia



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.