Cantor Pedro acorda após cirurgia em SP

Pedroleonardo sorrindomuito

O cantor Pedro Leonardo já estava acordado por volta das 13h50 desta terça-feira (22) após a cirurgia a que foi submetido nesta manhã no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O cantor, inclusive, conversou com os médicos. Depois disso, ele recebeu um remédio para dormir e só deve acordar de novo no fim do dia.
O procedimento terminou por volta das 11h15. Segundo a assessora de imprensa do cantor Leonardo, Ede Cury, a cirurgia na perna esquerda para corrigir uma fratura no fêmur transcorreu bem. Pedro acordou no domingo (20) após passar um mês em coma depois de um acidente de carro em Minas Gerais. No início desta tarde, Pedro já havia retornado para seu quarto na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
A cirurgia durou pouco mais de três horas, tendo começado por volta das 7h45. A operação ocorreu para resolver uma fratura na cabeça do fêmur da perna esquerda. O osso havia se quebrado em vários pedaços, que puderam ser reunidos sem a colocação de placas.
Recuperação
Pedro abriu os olhos por volta das 20h de domingo, um mês depois do acidente que sofreu. Segundo boletim divulgado nesta segunda-feira (21) pelo hospital, Pedro Leonardo apresenta melhora progressiva. Ele já passa por sessões de fisioterapia e fonoaudiologia e por testes neurológicos.
Após acordar do coma, o cantor reclamou de dores na perna esquerda. No acidente, ele também sofreu traumatismo craniano e lesões na outra perna, que teve ligamentos rompidos. Por isso, segundo Ede Cury, ele terá que passar por uma segunda cirurgia na perna direita, mas o procedimento ainda não tem data para ocorrer. Após o procedimento desta terça, o cantor poderá voltar a ficar sentado.
Leonardo
Pedro recebeu diversas visitas nesta segunda e reconheceu todas as pessoas. “Ele está respondendo às perguntas, tudo direitinho. Matei a vontade de ouvir a voz dele. Saio daqui renovado, ele está com uma cara boa, está entendendo tudo direitinho. Vê-lo como a gente via, sorrindo, mostrando até os dentes, foi uma alegria muito grande”, afirmou Leonardo.
Sobre o futuro de Pedro, o cantor se mostrou confiante. “A gente sabe que ainda tem um pedaço para ser vencido ainda, mas para quem viu ele como eu vi, hoje é uma vitória”.
Visita de Thiago
Por volta das 11h desta segunda-feira, o cantor Thiago chegou ao Hospital Sírio-Libanês para visitar o primo Pedro Leonardo. “Estou feliz demais, foi uma das maiores alegrias que a gente pode ter depois do que aconteceu. Hoje é um dia maravilhoso, um dia muito feliz”, disse o cantor ao chegar ao hospital.
Na semana passada, Thiago informou que retomaria a agenda de shows em mensagens publicadas em sua página pessoal no Twitter. Nesta segunda-feira, Thiago afirmou que, agora que Pedro acordou, será mais fácil definir a retomada dos shows. “É um sonho meu e do Pedro levar nossa música para todo o Brasil. A gente já estava decidindo tudo em família, mas agora com ele de volta, fica mais fácil a conversa e [saber] o que ele sente em relação a isso”.
Acidente
Segundo Ede Cury, a família não falou efetivamente com o cantor sobre a colisão após ele ter acordado. “Começou-se a se falar um pouco do acidente. Ele desconversou, falou uma coisa totalmente diferente e achou-se melhor não continuar”, conta.
Pedro sofreu um acidente de carro há um mês, em 20 de abril, próximo ao município de Tupaciguara, em Minas Gerais, quando voltava de um show. Ele foi inicialmente levado ao Hospital Municipal de Itumbiarax, em Goiás, onde passou por cirurgia para conter hemorragia abdominal, e foi transferido no mesmo dia para Goiânia. Depois, foi de avião ao hospital em São Paulo.
Horas após o acidente, ainda no interior de Goiás, Pedro foi submetido a uma cirurgia para retirada do baço. Ele sofreu traumatismo craniano e trauma abdominal e teve de ser colocado em coma induzido. No mesmo dia, foi transferido para hospital de Goiânia.
Em 23 de abril, Pedro Leonardo sofreu uma parada cardiorrespiratória. No dia 26, o sertanejo foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Em 29 de abril, a equipe médica decidiu suspender a sedação do cantor, para verificar como ele reagiria sem a medicação. Ele permaneceu em coma.
Nos últimos dois dias antes de acordar, parentes relataram que ele vinha reagindo, mesmo inconsciente, cada vez mais aos estímulos provocados por amigos e familiares.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.