‘Fiz coisas boas para o País, não me arrependo’, diz ex-ministra de Collor

Zelia

No dia 15 de março de 1990, aos 37 anos, Zélia Cardoso de Mello se tornou a primeira mulher a assumir o Ministério da Fazenda do Brasil. Um dia depois, Zélia entraria , e para a memória coletiva brasileira, como a ministra que confiscou a poupança.
Com uma expressão séria e profundas olheiras, a então ministra fez um anúncio que estarreceu o País: além de congelar salários e preços, demitir milhares de funcionários públicos, abrir a economia para importações e acabar com inúmeras instituições públicas (que haviam sido criadas durante a ditadura militar), todas as contas bancárias e poupanças do País amanheceriam no dia seguinte com não mais que 50 mil cruzados novos, cerca de R$ 6 mil nos dias de hoje. O valor que excedesse esse número ficaria congelado no Banco Central por 18 meses.
Hoje, mais de 20 anos depois, Zélia diz que não se arrepende das suas decisões no comando da Fazenda porque fez “coisas muito boas para o País”. Diz ainda que “provavelmente faria tudo de uma forma diferente”, mas ainda hoje está para ser “convencida de que haveria uma maneira melhor de resolver o problema da inflação”. “Essa frase eu gostaria que você publicasse na íntegra: nós estávamos à beira da hiperinflação. Então nós tivemos que escolher entre a hiperinflação, com a destruição total de riqueza, e a reforma monetária, que foi drástica, eu reconheço, que foi difícil, eu reconheço, que trouxe sequelas, eu reconheço, mas que evitou a hiperinflação”.
Fonte Ultimo Seg



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.