Enem 2012: governo gastará mais com mudanças na redação

Enem_2012_2

Após o anúncio de mudanças a serem aplicadas na prova do Enem de 2012, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse, nesta sexta-feira, que as alterações vão acarretar em um custo maio rpara o governo, especialmente por conta da contratação de mais funcionários para trabalhar na aplicação e correção dos testes.

As mudanças foram feitas para garantir melhores mecanismos contra fraude e um sistem amais justo de correção das provas.

No ano passado, o exame representou um custo de R$ 238,5 milhões para o governo. O valor que o teste vai custar com as mudanças, em 2012, ainda não foi divulgado. Embora o gasto torne-se alto, Mercadante explicou que “é um custo muito menor do que os erros que nós podemos ter”.

O ministro ainda destacou que o MEC vai dibulgar em julho o manual de orientação aos candidatos, para que eles fiquem cientes e entendam as mudanças no sistema de correção da redação.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.