Internada, adolescente britânica com 400 kg tem estado de saúde estável

Britanica

Georgia Davis, a britânica de 19 anos que foi internada no hospital com 400 kg, tem estado de saúde estável. Ela foi resgatada após seis meses sem sair de casa em uma operação que envolveu 30 pessoas e durou quase 8 horas.
Os pais de Georgia alimentam a filha apenas com frutas e os médicos limitaram a dieta da paciente a 2 mil calorias por dia.
Devido ao peso, Georgia sofre de diabetes, insuficiência renal e problemas na coluna, nas juntas e na pele.

A adolescente foi internada após ter sido retirada de casa com a ajuda de pedreiros e membros dos três serviços de emergência.

Georgia precisou de atendimento médico de emergência, mas a adolescente está tão grande que era impossível retirá-la de casa. Foram necessárias cerca de 30 pessoas, numa operação que levou quase 8 horas até que ela fosse levada de ambulância.

Duas paredes da casa foram demolidas para resgatá-la do seu quarto, no primeiro andar, de onde ela não saía há seis meses.

“Todo mundo aqui está torcendo para que ela fique bem logo porque Georgia é uma garota adorável”, disse o vizinho Jonathan Price, cuja filha é amiga da adolescente. Segundo ele, Georgia se queixava de dores no peito e nas costas.

De acordo com uma porta-voz do hospital, ela vem passando por diversos exames para determinar o tipo de tratamento a que será submetida.

Durante a operação de resgate, lonas e tapumes foram usados para manter a privacidade da família que vive em Aberdare. “Isto não é um show de aberrações”, reclamou um policial devido a presença de curiosos.

Vizinhos disseram que a operação começou pouco depois das 9h da manhã e se estendeu até às 17h, quando uma ambulância ainda era vista na propriedade.

Georgia Davis tem um índice de massa corporal (IMC) de 142,3 –no Reino Unido, pessoas com o índice acima de 30 são consideradas obesas.

Um amigo da família, que preferiu não ser identificado, disse que ninguém sabe ao certo quanto ela está pesando atualmente, já que nos seis meses em que não saiu de casa ela não foi pesada.

A adolescente vive com a mãe Lesley, de 57 anos, e com o padrasto Arthur, de 74, que sofre de câncer no pulmão.

Mais pesada do Reino Unido
Em agosto de 2008, Georgia Davis foi considerada a mais pesada adolescente do Reino Unido, quando pesava 209 kg com apenas 15 anos.

Médicos disseram à época que se ela não perdesse peso poderia morrer. Com a popularização do caso, ela foi mandada para um spa nos Estados Unidos, onde perdeu quase metade do peso.

Mas depois de retornar ao Reino Unido, a jovem de 1,67m acabou retornando aos maus hábitos alimentares e ganhou mais de 100 kg.

Ela chegou a se submeter a uma dieta com a ajuda de um especialista e a se matricular numa academia de Aberdare, onde tinha ajuda de um personal trainer para perder peso, mas acabou abandonando as aulas por não conseguir percorrer os cerca de 3 km de casa para a academia.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.