Atendimento municipal a portadores de deficiência auditiva é referência

Def

Serviço gratuito e de qualidade, com todo o aparato necessário. Assim é o programa de Triagem Auditiva Neonatal Universal (Tanu), disponibilizado pela prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim.

A triagem inicial do Tanu já abrange hoje cerca de 90% dos recém-nascidos do município, por meio do teste da orelhinha, que avalia as condições da audição, ainda na maternidade. Direito garantido por leis federal e municipal, o exame é indolor e rápido, e o serviço é realizado todos os dias, inclusive nos fins de semana e feriados.

Os casos em que o resultado do teste deixa dúvida quanto à audição da criança são encaminhados para a sede do programa Tanu, no centro da cidade. Lá, é repetido o teste e são realizados outros exames que vão determinar a origem e a profundidade do problema.

Os bebês internados em unidades de terapia intensiva (UTI) também são submetidos a exame para detecção de surdez, conforme preconizado pelas Academias Americana e Brasileira de Pediatria e pela Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia e de Fonoaudiologia.

Desde janeiro, quando foi inaugurado o serviço, já foram feitas mais de 2 mil triagens. Cento e quarenta crianças são acompanhadas pelas equipes atualmente. São pacientes em terapia, que usam aparelho auditivo ou passaram por cirurgia para implante coclear, ou em monitoramento auditivo pós ou durante internação. A reavaliação desses pacientes ocorre a cada três meses.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Márcia Fardim, o serviço é referência e o primeiro e único pela rede pública em Cachoeiro que faz programa de triagem, diagnóstico e reabilitação.

“Com o Tanu, temos em Cachoeiro um atendimento de qualidade e totalmente gratuito oferecido pela prefeitura. E o grande diferencial é que nossa equipe vai até o paciente todos os dias, um atendimento pró-ativo para detecção de problemas relacionados à audição nos recém-nascidos. Essa detecção precoce é o que pode determinar o sucesso na recuperação da audição”, destaca.

Além do aparelho de otoemissão, utilizado no teste da orelhinha, o Tanu dispõe de outros equipamentos como cabine audiométrica, sistema de campo livre, audiômetro, impedanciômetro e bera, utilizados para medir a audição e detectar possíveis problemas e também para monitorar os resultados do tratamento.

O programa da prefeitura de Cachoeiro conta com a parceria do governo estadual e do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. A equipe técnica é composta por seis fonoaudiólogas, um médico otorrinolaringologista e uma assistente social.

Família do paciente participa de oficinas de integração

Para integrar a família ao tratamento, começaram a ser realizadas nesta segunda-feira (13) as oficinas de pais, encontros que a partir de setembro vão ocorrer toda última sexta-feira do mês.

“O objetivo é orientar os pais, estimulá-los participar do processo de reabilitação das crianças, incentivá-los a produzir materiais para serem utilizados na terapia e também em casa”, explica a fonoaudióloga e coordenadora do programa, Claudy Helaine Schmittel.

Entre os pacientes do Tanu está Ana Clara Bragança Torres, de 3 anos. A mãe da menina, a dona de casa Janine Bragança Pereira, 32 anos, antes da implantação do Tanu, fazia tratamento da filha pela rede privada. Foram 11 meses de acompanhamento até o implante coclear – realizado pela rede pública estadual de saúde – para recuperar parte da audição.

“Mas tínhamos ainda o gasto com fonoaudióloga, duas vezes por semana. O acompanhamento em consultório particular custa em média R$ 60 por consulta. Com o Tanu, a economia é muito grande. Aqui, tenho tudo sem gastar nada. E o serviço é de excelente qualidade. São visíveis os avanços que Ana Clara tem conseguido no tratamento”, comemora a mãe.

Programa Municipal de Triagem Auditiva Neonatal Universal (Tanu)
Rua Lauro Viana, 29, edifício El Shaday, 3º andar, Centro (em frente ao antigo Clube Ita)
Telefone: 3522-7553
Atendimento: segunda a sexta, das 7h às 12h e das 13h às 16h

Fonte: Prefeitura Municipal de Cachoeiro



Outras Notícias


Adolescente desaparecida em Castelo

Prefeito de Venda Nova nega irregularidade

Fundo Rural tem R$ 639 mil para investir no desenvolvimento

Atendimento municipal a portadores de deficiência auditiva é referência

Homem é preso e arma e munições são apreendidas na região serrana

Restaurantes apresentam pratos do Giro Gastronômico

Tratamento de infertilidade pelo SUS chega a Cachoeiro

Cachoeiro Stone Fair vai aquecer economia local

Drogas, armas e munições são apreendidas em Cachoeiro

Cursos de qualificação gratuitos têm vagas abertas

Aluno é detido em porta de escola em Venda Nova

Pedra Azul Gourmet vai movimentar Domingos Martins em setembro

Caminhoneiro morre carbonizado em grave acidente

Acidente na BR-101 deixa uma vítima fatal

Jovem é assassinado no bairro Zumbi

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.