Lutador que arrancou coração de amigo ainda vivo pode pegar 50 anos

Mma

O lutador de MMA (artes maciais mistas) Jarrod Wyatt foi considerado culpado de assassinato em primeiro grau por um crime grotesco: em 2010, ele fez um corte de 45 cm no peito do amigo Taylor Powell, arrancou o coração, a língua e parte da face dele, enquanto ambos estavam sob efeito de cogumelos alucinógenos.

Wyatt pode pegar ao menos 50 anos de prisão pelo crime, segundo o site americano “Gawker”.

Quando a polícia chegou ao local do crime, uma casa na foz do rio Klamath, na Califórnia, eles encontraram o lutador nu e coberto de sangue. Ele contou aos policiais que havia matado o amigo e que havia retirado o coração e a língua dele.

O corpo de Powell foi encontrado no sofá. O peito estava ainda aberto e o coração, a língua e a pele do rosto haviam sido removidos, segundo a investigação. O coração foi encontrado carbonizado num fogão à lenha.

Uma autópsia mostrou que os órgãos foram removidos com Powell ainda vivo.


eu - Postado mais de 6 anos atrás
isso é um bicho!


Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.