Vizinhos de depósito de combustível no ES temem risco de explosão

Deposito

Vizinhos de um depósito de combustível no bairro Paul, em Vila Velha, Grande Vitória, temem os riscos de uma possível explosão local. Depois do incêndio que tomou um galpão em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (23), moradores do estado demonstraram maior preocupação e pedem a paralisação das obras em Vila Velha. A proximidade das casas com o depósito é o principal ponto levantado pela população local. Em resposta, a empresa responsável pela construção informou que tem autorização para realizar a obra e disse seguir todas as normas de segurança.
Na última quinta-feira (23), um galpão pegou fogo em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e tanques de armazenamento de combustível foram destruídos. As chamas, que podiam ser vistas a vários quilômetros, se espalharam pelos seis tanques do depósito, parte das instalações administrativas e mataram uma pessoa. Os bombeiros não conseguiam se aproximar do local por conta das seguidas explosões.
O depósito em Paul, na cidade de Vila Velha, ainda não está em funcionamento, mas tanques de grandes proporções já começaram a ser construídos. “A gente não dorme sossegado. Principalmente depois do que aconteceu no Rio de Janeiro, com as explosões dos tanques. A gente também está correndo risco iminente de sofrer um acidente aqui. Na verdade, não seria nem um acidente, mas sim uma catástrofe anunciada”, falou a moradora Louise Barros.
Desde o início das obras, os moradores da região reclamam e apontam a proximidade das casas como um fator de risco. “Vocês podem observar a proximidade das casas e, qualquer eventualidade que ocorra, vai afetar não só aqui, mas, pela topografia, todo o restante do bairro, que está abaixo disso”, disse o técnico em edificações Antônio Wanzeler.
Uma solicitação foi enviada ao Ministério Púbico Estadual para que a construção fosse paralisada. “Estamos há cinco anos lutando e pedindo uma definição da Justiça. Se vai parar ou continuar. Para continuar, vai ter que desapropriar todo mundo que está morando por aqui agora”, afirmou o aposentado Euclides Machado.
Os moradores falam que existem 10 tanques em construção no local, mas, segundo eles, o número pode aumentar. “Nós recebemos aqui uma visita da parte de relações públicas da empresa e nos foi informado que a previsão é da instalação de 30 tanques de combustível. No Rio, a proporção do que aconteceu foi em cima de seis tanques, em uma capacidade muito menor de armazenamento. Aqui, além de a capacidade ser maior, a quantidade também é, já que são 30”, disse a autônoma Flávia Barros.
De acordo com o professor e coordenador do laboratório de petróleo da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) o risco de explosão existe. “Particularmente, eu acho que deveria ter um lugar próprio para a construção desses tanques, que o município e o estado disponibilizassem um local para isso. Mas, se não há um local próprio e a escolha foi feita por essa empresa, com autorização da prefeitura, é porque deve estar dentro das normas legais do município”, declarou Eustáquio de Castro.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.