Governo do ES vai implantar ensino médio de tempo integral

Ensino medio

O Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Sedu), está dando mais um passo em busca da melhoria da qualidade de ensino. A partir de 2014, começa a ser implantado o ensino médio de tempo integral. No próximo ano, pelo menos cinco escolas da rede vão adotar a modalidade e atender a, aproximadamente, 1,8 mil alunos.

A primeira unidade a ser contemplada é a Escola Assisolina Assis de Andrade, em Vila Velha, que foi reconstruída e dispõe de espaço apropriado para o desenvolvimento das atividades extras que vão ser incluídas no currículo.

O governador Renato Casagrande está na unidade de ensino, no Bairro de Aribiri, em Vila Velha, para a inauguração das obras de reforma da unidade de ensino, e anuncia a novidade para os capixabas. O secretário Klinger Barbosa também está na cerimônia, da qual participam também estudantes, membros da comunidade e outras autoridades.

A jornada de tempo integral vai começar com os alunos da 1ª série do ensino médio, com 38 aulas semanais, das 7 às 16h20. No currículo, além das disciplinas comuns a todo o ensino médio, tais como Língua Portuguesa, Matemática, Química e História, os alunos vão ter outras quatro áreas para a escolha de atividades.

O novo currículo vai contar com aprofundamento de estudos (reforço em matérias de interesse); preparação para o trabalho; produção e expressão artística; e cultura corporal (atividades esportivas).

O projeto de implantação está na fase de avaliação das escolas da rede estadual que estão aptas a receber o novo modelo de ensino, na Grande Vitória e interior. As escolas vão ser selecionadas até o final do próximo mês. A expansão do projeto será realizada de maneira gradativa, a cada ano, à medida que houver demanda por tempo integral.

Nova Escola

A Escola Assisolina Assis de Andrade passou por obras de reconstrução e, agora, conta com 16 salas de aula, biblioteca, dois laboratórios de informática, um de química e biologia, um de física e matemática, sala de artes, quadra poliesportiva coberta, auditório com camarins, refeitório, banheiros adaptados para pessoas com deficiência, entre outros espaços pedagógicos e administrativos, com investimento de R$ 11,68 milhões.

A unidade de ensino tem capacidade para receber 1.920 alunos, nos três turnos. Mesmo com a adoção do tempo integral, a Escola vai manter o atendimento de Ensino Fundamental.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.