Cachoeiro oferece tratamento gratuito para portadores de hepatite

Coletasangue

Na semana em que se comemora o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais – no próximo domingo (28) – a prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim chama a atenção para a importância da procura pelo exame para detecção da doença, quando há exposição a situações de risco.

Exames, acompanhamento médico e tratamento para os portadores de hepatites B e C (doenças virais) são disponibilizados gratuitamente no Centro de Infectologia Abel Sant‘Anna (Crias), mantido pela prefeitura.

“O teste para confirmação da presença do vírus da hepatite no organismo é rápido e gratuito”, comenta o coordenador do Crias, Victor Barbieri.

As hepatites B e C são contraídas por meio do contato sexual ou por compartilhamento de materiais pérfuro-cortantes como barbeador, alicate de unhas e agulhas. “Por conta desses fatores, qualquer pessoa pode ter hepatite, desde um cliente de salão de beleza que utiliza alicate de uso comum e não esterilizado adequadamente até profissionais da saúde que também estão expostos ao perigo do contato com sangue contaminado”, destaca Victor.

E se você de alguma maneira se expôs ao risco de contrair hepatite e quer fazer o exame para diagnóstico da doença, basta comparecer ao Crias. Lá é realizada coleta de sangue para o exame de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h.

O paciente precisa ter no mínimo 12 anos de idade e levar o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Não é necessária a requisição médica, mas é preciso evitar o consumo de alimentos gordurosos por pelo menos três horas antes da coleta de sangue.

“A cura da doença depende do estágio em que ela se encontra quando feito o diagnóstico e iniciado o tratamento. Quanto mais cedo, maiores as chances de cura”, alerta Victor. Sintomas são incomuns em portadores de hepatite B ou C. Entretanto, podem aparecer febre, além de pele e olhos amarelados.

Depois de detectada a doença por meio da avaliação da amostra sanguínea, o paciente é atendido pelo médico que atua no Centro de Referência em Infectologia. Esse profissional solicita exames complementares para verificar qual o estágio da doença. A partir de então, é iniciado o tratamento. O acompanhamento médico é feito todo no Crias.

Centro de Referência em Infectologia Abel Sant‘Anna
Rua Raulino de Oliveira, 52, Centro
Próximo à Santa Casa de Misericórdia
Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h
Coleta de material para exames que detectam hepatite: de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.