Espírito Santo tem ganho de 10,7 anos na esperança de vida

Familias

Entre os anos de 1980 e 2010, o Espírito Santo registrou queda de 48,2% na taxa de mortalidade infantil. Com isso, passou a ocupar o 5º lugar no ranking entre os estados com menor taxa de óbitos de crianças menores de um ano de idade. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (02).

De acordo com o levantamento, em 1980, ocorriam no Estado 48,2 óbitos de crianças menores de um ano de idade para cada mil nascidos vivos (48,2‰); 30 anos depois, este valor caiu para 12‰ óbitos. Neste período deixaram de morrer cerca de 36 crianças menores de um ano de vida para mil nascidos vivos, representando um declínio nos níveis de mortalidade infantil de 75,0%.

O IBGE destaca ainda que entre os fatores que contribuíram para essa mudança, destacam-se: o aumento da escolaridade feminina, a elevação do percentual de domicílios com saneamento básico adequado (esgotamento sanitário, água potável e coleta de lixo), a diminuição da desnutrição infanto-juvenil e um maior acesso da população aos serviços de saúde, proporcionando uma relativa melhoria na qualidade do atendimento pré-natal e durante os primeiros anos de vida dos nascidos vivos.

Em termos de ranking com relação às outras unidades da federação, em 1980 o Espírito Santo ocupava a 5a colocação entre os estados com a menor taxa de mortalidade infantil, sendo que a taxa masculina (52,0‰) estava em 3o lugar, enquanto que na taxa de mortalidade infantil feminina (44,3‰) estávamos em 7o lugar. Já em 2010, nossa posição quanto à taxa de mortalidade infantil total continua sendo o 5o lugar, mas houve uma inversão entre as taxas masculinas e femininas: mais recentemente as taxas femininas ocupam a 5a posição (10,3‰), enquanto que as taxas masculinas perderam posições, caindo para o 6o lugar (13,6‰).



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.