Servidores municipais lavam escadas de prefeitura em protesto

Lavar

Servidores municipais de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, foram às ruas da cidade, nesta quarta-feira (7), em um protesto que pediu melhorias e reajuste salarial para a categoria. Cerca de 600 servidores da saúde, educação e segurança pública participaram da manifestação. Eles foram até a prefeitura, lavaram a escadaria do prédio e entraram no prédio para conversar com o prefeito Carlos Casteglione. Acompanhados pela Guarda Municipal, eles entraram no gabinete do prefeito, mas, mesmo depois de permanecerem por 20 minutos no local, não conseguiram diálogo. Segundo a assessoria da prefeitura, Casteglione cumpria agenda fora e, por isso, não recebeu os manifestantes.
Com uma greve iniciada na última segunda-feira (5), em um ato que reuniu cerca de 400 pessoas, o movimento exige, entre outros benefícios, um reajuste salarial de 15%. Nesta quarta (7), após saírem da Linha Vermelha, o servidores se concentraram em frente a prefeitura. Lá, lavaram novamente as escadarias do local, como na segunda-feira (5), e entraram no prédio.
Além do aumento salarial esperado desde abril, o presidente do sindicato dos servidores municipais, Jonathan Willian, disse que os grevistas também reclamam questões como a do tíquete-alimentação, o pagamento de insalubridade e periculosidade e o retorno dos salários de técnicos administrativos.
A Secretaria de Fazenda de Cachoeiro explicou que não é possível e nem há previsão de conceder o reajuste aos servidores. Segundo o órgão, a prefeitura está acima do limite de comprometimento da receita com a folha de pagamento dos funcionários.
Fonte: G1



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.