Fundação de Madonna na África desperdiça milhões e meninas ficam sem escola

Madonna-ong-maláui-mike hutchings-06042010-reuters

Os gerentes da fundação de caridade da cantora americana Madonna no Mala¡ui, país da África oriental, foram expulsos depois de desperdiçarem cerca de R$ 6,2 milhões (US$ 3,8 milhões) em uma escola que nunca foi construída, informa o jornal britânico The Guardian.

Uma auditoria da ONG Raising Malawi apontou despesas estranhas em pagamento de salários, carros, escritórios, alojamento, uma associação de golfe e na contratação de um carro com motorista para o diretor da escola.

Segundo o Guardian, depois dos apontamentos, o conselho de administração da instituição foi demitido e substituído por um conselho interino, que inclui um cantor de 52 anos de idade e seu empresário.

O diretor executivo da fundação, Philippe van den Bossche, havia deixado o cargo em outubro do ano passado depois de receber críticas sobre sua forma de administração e sobre as despesas com a construção da escola, noticiou na época o jornal americano The New York Times.

O abandono do projeto Raising Malawi Academy for Girls – apoiado por figuras proeminentes de Hollywood e por colaboradores de Madonna – foi anunciado em janeiro deste ano. O anúncio pegou o governo do Maláui de surpresa e causou revolta entre os antigos moradores da região, que tinham vendido suas casas para dar lugar a uma construção de 117 hectares perto da capital, Lilongwe.

Fonte:r7



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.