Medidor de radioatividade some das prateleiras no Japão e nos EUA

A radioatividade que escapa da usina de Fukushima voltou a preocupar as autoridades japonesas. O medo da população provocou uma corrida a lojas especializadas na venda de um tipo de equipamento que mede a radiação nuclear.
A nova análise da água do mar em volta da usina mostrou dados preocupantes: depois de ter baixado durante a semana, a radiação deu um pulo: está 1,25 mil vezes acima do normal. Isso aumenta as suspeitas de que pode haver vazamento do núcleo de um dos reatores, hipótese levantada depois que três funcionários foram feridos pela radiação. Essa contaminação está vazando diretamente para o mar.
A preocupação com a radiação fez a venda de contadores geiger disparar no Japão. O equipamento inventado há mais de 100 anos pelo físico alemão Hans Geiger é o aparelho mais eficiente para medir a radiação nuclear. Agora está em falta nas lojas especializadas do Japão e, por causa do incidente em Fukushima, também está tendo muita procura em outros países da Ásia e também nos Estados Unidos.



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.