Medidor de radioatividade some das prateleiras no Japão e nos EUA

A radioatividade que escapa da usina de Fukushima voltou a preocupar as autoridades japonesas. O medo da população provocou uma corrida a lojas especializadas na venda de um tipo de equipamento que mede a radiação nuclear.
A nova análise da água do mar em volta da usina mostrou dados preocupantes: depois de ter baixado durante a semana, a radiação deu um pulo: está 1,25 mil vezes acima do normal. Isso aumenta as suspeitas de que pode haver vazamento do núcleo de um dos reatores, hipótese levantada depois que três funcionários foram feridos pela radiação. Essa contaminação está vazando diretamente para o mar.
A preocupação com a radiação fez a venda de contadores geiger disparar no Japão. O equipamento inventado há mais de 100 anos pelo físico alemão Hans Geiger é o aparelho mais eficiente para medir a radiação nuclear. Agora está em falta nas lojas especializadas do Japão e, por causa do incidente em Fukushima, também está tendo muita procura em outros países da Ásia e também nos Estados Unidos.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.