Trabalhador do setor de rochas morre ao sofrer choque elétrico

Lielcio

O trabalhador do setor de rochas Lielso Cardoso, de 30 anos, morreu após sofrer um choque elétrico durante o trabalho, nesta segunda-feira (28) em Cachoeiro de Itapemirim, Região Sul do Espírito Santo. Ele trabalhava há um mês na empresa. É a sétima morte em acidentes de trabalho ocorridos no setores de rochas na região.
O corpo de Lielso foi encontrado por volta das 22h, quase no fim do turno de trabalho. Ele trabalha há pouco mais de um mês como serrador na empresa de mármore e granito no distrito de São Joaquim, e a irmã de Lielso, Sirlei Cardoso, não consegue acreditar no que aconteceu. “Parece que tudo isso é mentira”, disse abalada.
Segundo Agnaldo Grillo, representante do Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias de Mármore, Granito e Calcário do Espírito Santo (Sindimármore), a vítima estava no subterrâneo da serraria, fazendo a limpeza da galeria. “É importante que o trabalhador saiba do grau de risco que enfrenta, para que se atente nas dificuldades em eliminar os riscos no setor. Os empresários também devem tomar consciência que as mortes não podem continuar acontecendo”, declarou Agnaldo.
De acordo com o laudo do Instituto Médico Legal (IML) a causa da morte foi de fato o choque elétrico. Segundo o sindicato nove pessoas morreram no setor este ano no Estado, sete deles só em Cachoeiro
O corpo do trabalhador será enterrado em Burarama, Distrito de Cachoeiro de Itapemirim, nesta quarta-feira (30), as 8h.

Fonte: G1



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.