Vargem Alta quer terras de Cachoeiro

Va_200_200

O prefeito de Vargem Alta, João Bosco Dias, o Bosquinho (PSB), pretende defender na sessão de terça-feira, na Câmara de Cachoeiro, o projeto de lei pelo qual a Prefeitura cachoeirense pede autorização para entregar o território de Alto Gironda ao município serrano. O presidente da associação de moradores do local também deve participar.

Segundo Bosquinho, “há muito tempo a Prefeitura de Vargem Alta mantém no distrito escola e quadra de esportes, entre outros serviços públicos. A população local, inclusive, pensava que o distrito pertencia a Vargem Alta, mas foi confirmado pelo IBGE que a área é de Cachoeiro”.

O prefeito se reuniu, na quarta-feira, com o presidente da Câmara de Vereadores cachoeirense para discutir o assunto. Para que a doação seja confirmada, os vereadores dos dois municípios precisam aprovar.

Para Júlio Ferrari, “o projeto é extremamente polêmico e é necessário ouvir todos os lados da questão antes de tomar qualquer decisão. Nos preocupa é a questão econômica. O local tem enorme potencial no setor do mármore, graças as jazidas lá existentes. Nosso município tem péssima arrecadação e a penúltima renda per capita do Estado. Alto Gironda pode vir a ser um excelente gerador de recursos para o município ”, afirma.

Doação gera polêmica

Na Casa de Leis de Cachoeiro, durante a sessão desta semana, alguns vereadores se manifestaram sobre a doação de Alto Gironda à Vargem Alta. Não há consenso nem na base governista ou sequer sobre a regularidade do projeto de lei.

O líder do governo, Antônio Rizzo Moreira dos Santos (PT), cumpre seu papel e defende a proposta enviada à Câmara pelo prefeito de Cachoeiro, Carlos Casteglione (PT).

Segundo ele, em Alto Gironda existem 384 eleitores que votam em Vargem Alta, município que, inclusive, faz a gestão do distrito, fornecendo água e mantendo o posto de saúde. Por isso, a população, que tem até representante na Câmara vargemaltense, seria favorável à doação do território.

No entanto, outro governista, David Lóss (PDT), diz que a Prefeitura de Cachoeiro deveria ter enviado todo o processo, que está na Assembleia Legislativa, para conhecimento dos vereadores, mas adianta que esse tipo de ação exige a realização de um plebiscito. Segundo ele, por estes motivos, a Comissão de Constituição, da qual é relator, poderá devolver a matéria ao Poder Executivo.

O vereador Delandi Macedo (PSC) foi outro a opinar. É contra a doação de Alto Gironda.

Fonte: O Fato



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.