Detran|ES destaca procedimentos obrigatórios para condutores

Detran es

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) está realizando uma campanha para orientar os motoristas sobre os procedimentos a serem realizados em três situações: indicação de condutor, comunicado de venda do veículo e transferência de propriedade e/ou domicílio.

Foram criados vídeos de animação que ressaltam as consequências para aqueles que não adotam os procedimentos. “O objetivo é conscientizar os proprietários de veículos sobre a importância de seguir as instruções, evitando assim futuros transtornos”, explica o diretor-geral do Detran|ES, Carlos Lopes.

Comunicado de venda do veículo

O proprietário de veículo tem a obrigação de informar ao Detran|ES a venda do automóvel. O comunicado indica ao órgão que o veículo não está mais em posse da pessoa. A partir do momento em que essa informação é inserida no sistema, o vendedor deixa de receber notificações de multas e impostos. Caso não realize o comunicado de venda, ele continuará a ser responsabilizado pelo veículo.

Para realizar esse procedimento, o proprietário do veículo deve ir à Ciretran ou ao Posto de Atendimento de Veículos (PAV) do município de domicílio ou residência, munido do requerimento e dos seguintes documentos: requerimento do vendedor (original); Certificado de Registro do Veículo (CRV) preenchido, datado, assinado pelo comprador e pelo vendedor e com firma reconhecida (cópia autenticada) e cópia da carteira de identidade, CPF ou CNPJ do proprietário vendedor.

Indicação de condutor

A indicação de condutor deve ser realizada quando o proprietário do veículo receber uma Notificação de Autuação que não cometeu. No verso da notificação ele pode indicar o real condutor, preenchendo todos os campos necessários. É preciso ficar atento também ao prazo da indicação, que é de 15 dias após a expedição.

O procedimento não exime o proprietário de pagar a multa, contudo, transfere a pontuação para o condutor indicado. Este simples procedimento evita o acúmulo de pontos e a suspensão da CNH. A indicação de condutor deve ser entregue ao órgão que emitiu a notificação e é o único serviço dentro da campanha que não depende exclusivamente do Detran|ES.

Transferência de propriedade e/ou domicílio

Toda a vez que o proprietário do veículo troca seu endereço ele deve comunicar o fato ao Detran|ES. Para isso, é necessário que ele se dirija a um Ciretran ou Posto de atendimento Veicular (PAV) com o Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido para autuar o processo. É preciso também realizar a vistoria do veículo e efetuar o pagamento das taxas.

Sem o endereço correto do motorista as notificações de multas e os boletos de cobrança não serão entregues corretamente. Sem receber o boleto de licenciamento, por exemplo, os proprietários podem se esquecer de pagar a taxa e correm o risco de ter o carro recolhido em uma blitz por falta de pagamento.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.