Comissão Processante notifica vereador

Camara_de_cachoeiro_de_itapemirim__9cbbdb2188

A Comissão Processante criada pela Câmara Municipal notificou nesta quinta-feira (14) o vereador afastado pela Justiça Luis Guimarães de Oliveira (DEM), o Luisinho Tereré, acusado de manter como “funcionária fantasma” a assessora de gabinete Luzia Leida Dias Feu, e também de se apropriar de parte do salário dela, prática conhecida como “rachid”.

A Comissão, aprovada pela Câmara em 05 de novembro, foi formalizada nesta quarta-feira (13), com a publicação do ato no Diário Oficial. Agora, Tereré terá dez dias para apresentar defesa prévia por escrito, prazo que se encerra no dia 27. Após receber a defesa, a Comissão começará a ouvir as testemunhas do caso.

O prazo para realização das investigações é de noventa dias. A comissão é formada pelos vereadores Alexandre de Itaoca-PR (presidente); Brás Zagotto-SDD (relator) e Rodrigo Enfermeiro-PSB (membro).

Fonte: Viaes



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.