Comissão Processante notifica vereador

Camara_de_cachoeiro_de_itapemirim__9cbbdb2188

A Comissão Processante criada pela Câmara Municipal notificou nesta quinta-feira (14) o vereador afastado pela Justiça Luis Guimarães de Oliveira (DEM), o Luisinho Tereré, acusado de manter como “funcionária fantasma” a assessora de gabinete Luzia Leida Dias Feu, e também de se apropriar de parte do salário dela, prática conhecida como “rachid”.

A Comissão, aprovada pela Câmara em 05 de novembro, foi formalizada nesta quarta-feira (13), com a publicação do ato no Diário Oficial. Agora, Tereré terá dez dias para apresentar defesa prévia por escrito, prazo que se encerra no dia 27. Após receber a defesa, a Comissão começará a ouvir as testemunhas do caso.

O prazo para realização das investigações é de noventa dias. A comissão é formada pelos vereadores Alexandre de Itaoca-PR (presidente); Brás Zagotto-SDD (relator) e Rodrigo Enfermeiro-PSB (membro).

Fonte: Viaes



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.