Comissão Processante notifica vereador

Camara_de_cachoeiro_de_itapemirim__9cbbdb2188

A Comissão Processante criada pela Câmara Municipal notificou nesta quinta-feira (14) o vereador afastado pela Justiça Luis Guimarães de Oliveira (DEM), o Luisinho Tereré, acusado de manter como “funcionária fantasma” a assessora de gabinete Luzia Leida Dias Feu, e também de se apropriar de parte do salário dela, prática conhecida como “rachid”.

A Comissão, aprovada pela Câmara em 05 de novembro, foi formalizada nesta quarta-feira (13), com a publicação do ato no Diário Oficial. Agora, Tereré terá dez dias para apresentar defesa prévia por escrito, prazo que se encerra no dia 27. Após receber a defesa, a Comissão começará a ouvir as testemunhas do caso.

O prazo para realização das investigações é de noventa dias. A comissão é formada pelos vereadores Alexandre de Itaoca-PR (presidente); Brás Zagotto-SDD (relator) e Rodrigo Enfermeiro-PSB (membro).

Fonte: Viaes



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.