Reunião decidirá possibilidade de paralização de transporte público

Greve

O diretor financeiro do Sindimotorista, Sérgio Santos de Almeida, afirmou que, , está agendada reunião com os representantes das empresas de transporte público em Cachoeiro de Itapemirim. Caso não haja acordo, os profissionais irão entrar em greve.

Os trabalhadores solicitam reajuste salarial de 15% e plano de saúde; enquanto as empresas sinalizam com a reposição da inflação (5,86%) e negam o pagamento da assistência privada de saúde.

A negociação coletiva ocorrerá no Sest/Senat. “Vamos conversar e tentar conseguir o melhor para a categoria, caso a contraproposta das empresas não atenda aos anseios dos trabalhadores, entraremos em greve, obedecendo às medidas legais”, garantiu Sérgio.

Na semana anterior, os motoristas e cobradores dos ônibus das empresas que atendem a Cachoeiro de Itapemirim cruzaram os braços. Mais de 100 coletivos ficaram estacionados e enfileirados pelas avenidas Beira Rio e Linha Vermelha.

A paralisação, que durou das 16h00 às 18h00, foi somente para mostrar à classe patronal a insatisfação dos trabalhadores diante da proposta apresentada. O protesto causou revolta junto à população, que teve de deixar os ônibus e seguir a pé rumo ao destino.



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.