ES inaugura Centro de Acolhimento para Dependentes Químicos

Rede abraco

Na manhã desta sexta-feira (22), o Governo do Estado colocou em funcionamento o Centro de Acolhimento para Dependentes Químicos, que faz parte do Programa Estadual de Ações Integradas sobre Drogas, o Rede Abraço. O objetivo é acolher dependentes químicos e familiares. Estão sendo ofertadas 312 vagas de acolhimento voluntário, distribuídas em 12 comunidades terapêuticas, localizadas nos municípios de Piúma, Viana, Sooretama, Santa Maria de Jetibá, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Mimoso do Sul, São Mateus, Marechal Floriano, Serra e Alegre.

O Centro de Acolhimento para Dependentes Químicos da Rede Abraço já está funcionando na Avenida Getúlio Vargas, número 285, Centro de Vitória (ao lado da Praça Oito). A solenidade ocorreu no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, e contou com a participação do governador Renato Casagrande, do prefeito de Vitória Luciano Rezende, de secretários de Estado, empresários, políticos, representantes do Ministério Público, das comunidades acolhedoras, religiosos e sociedade em geral. Após este evento, o governador Renato Casagrande e o prefeito de Vitória, Luciano Rezende foram visitar o Centro.

“Esse novo equipamento público representa um desafio, uma ferramenta para enfrentarmos o problema das drogas, mas com as parcerias de todos que são dedicados a essa causa, como as comunidades terapêuticas, as instituições públicas e com o apoio das famílias. Queremos que ele se configure na porta de entrada de atendimento para quem tem problemas com drogas, para que as pessoas sejam acolhidas por pessoas capacitadas, que gostam do que fazem, e que fazem com amor. O trabalho é grande, será aperfeiçoado, mas estamos dando um novo passo, aliado à Rede Abraço, que trabalha a prevenção, tratamento e reinserção social de quem precisa de ajuda para se livrar desse mal que acomete uma parcela considerável e preocupante da nossa população”, destacou o governador.

A equipe do Centro de Acolhimento será composta por médico, psicólogo, assistente social, psiquiatra, educador físico, arte terapeuta, terapeuta ocupacional, sociólogo, advogado e administrador que farão acolhimento, orientação acompanhamento e fiscalização e reinserção social. Em parceria com a Escola de Serviço Público do Espírito Santo
(Esesp) a equipe participou de uma formação realizada no mês de outubro.

“O cidadão que desejar voluntariamente ficar livre da dependência química deve ir até o Centro de Acolhimento. Lá ele será atendido pela equipe profissional, e será também detectada qual a melhor indicação para o acolhimento. Se necessário, ele será encaminhado para uma comunidade terapêutica, contratada pelo Estado”, afirmou Ledir Porto, responsável pela Coordenadoria Estadual sobre Drogas.

Durante o período de acolhimento, que pode variar de 0 a 6 meses, o acolhido terá além de assistência social, sessões com psicólogos, cursos profissionalizantes e outras atividades para que quando esteja de saída do acolhimento, possa se reinserir no mercado de trabalho.

O Centro de Acolhimento conta também com unidades móveis, um serviço volante que irá até às famílias e dependentes químicos quando acionadas do número 0800 281 028. Quando acionados por dependentes químicos e familiares estes profissionais irão fazer o atendimento inicial de modo a estimular e estabelecer vínculo com o cidadão para adesão ao tratamento.

O Call Center do Rede Abraço já está em funcionamento. Pelo número 0800.281.028 os cidadãos em geral, poderão também tirar dúvidas, obter orientação do serviço, informação e mediação do Centro com os órgãos intersetoriais de afinidade e sociedade em geral. “Esse contato poderá acionar a equipe volante composta por assistente social, psicólogo, conselheiro terapêutico e motorista, visando exercer o papel de primeira abordagem", afirmou Ledir Porto.

O Rede Abraço é o Programa de Estadual de Ações Integradas sobre Drogas. O programa faz parte do Programa Estado Presente. Está inserido nas atividades da Secretaria de Estado de Governo e é gerenciado pela Coordenação Estadual sobre Drogas. O programa vai contar com parcerias entre o Terceiro Setor, Prefeituras, Governo Federal e as famílias.

SERVIÇO:
Atendimento: O atendimento ao público será às segundas-feiras das 07h às 18h, e de terça à sexta-feira das 8h às 18h.
Local: Centro de Acolhimento para Dependentes Químicos da Rede Abraço
Endereço: Avenida Getúlio Vargas, nº 285, Centro de Vitória – ao lado da Praça Oito.

EDITAL DE CREDENCIAMENTO – As instituições acolhedoras serão credenciadas por meio de edital. O edital tem como fundamento as normas que orientam esses serviços, como exigências previstas na resolução RDC29 da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros. O edital ficará aberto por tempo indeterminado, pois para o credenciamento das instituições acolhedoras, o Centro de Acolhimento conta com uma equipe de gestão que irá apoiar e orientar as instituições quanto ao ingresso ao edital. Essa equipe de gestão terá, entre outros profissionais, administradores, contadores e advogados.

REINSERÇÃO SOCIAL – No que tange à reinserção social, quando acolhido voluntariamente e dentro da proposta terapêutica, os usuários dos serviços de acolhimento terão cursos de formação profissional para que quando tiverem alta do tratamento possam ser inseridos, além do seio familiar, no mercado de trabalho. Além disso, dentro dessa mesma proposta, estão contempladas atividades laborais, culturais e esportivas.

Mais imagems

Rede abraco 2


Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.