“Greve seria uma decisão prematura”

Carlette_200_200

O diretor comercial da Viação Flecha Branca, Eduardo Carlette, entende que o processo de negociação está avançando e que três reuniões não são suficientes para uma decisão radical.

“Vejo que uma greve agora seria uma decisão prematura. Em outros anos, já aconteceu de uma negociação durar três meses. É preciso dialogar bastante antes de chegar a um acordo”, avalia Eduardo.

Para ele, a proposta da classe trabalhista de 15% de reajuste está fora do cenário econômico, por isso é inviável atendê-la. “É um percentual que causaria grande impacto na tarifa. Além disso, a economia brasileira está estagnada. Em épocas quando a situação econômica era pujante, o reajuste concedido era bem inferior a 15%”, analisa.

Outra proposta dos trabalhadores é a concessão de plano de saúde. O diretor comercial da empresa informou que o debate inicial é em torno do reajuste salarial, porém adiantou que o benefício também causa impacto financeiro, sendo inviável.

Fonte: O Fato



Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.