Suspeito de matar veterinário confessa crime e é preso no interior do Estado

Veterinario_assassinado__d7c9418427

Foi preso nesta segunda-feira (16) o suspeito de matar o veterinário Paulo Henrique Alves em outubro deste ano. Segundo a polícia, André Pereira Pimentel, de 28 anos, confessou ter matado o veterinário. Ele trabalhava como segurança na Festa da Polenta.

André contou a polícia que Paulo ofereceu carona para ele. Os dois teriam bebido e usado drogas. O suspeito disse que o veterinário teria insistido para que tivessem relação sexual, mas André não aceitou e iniciou uma luta corporal com a vítima. Após a luta, André acabou botando fogo no corpo de Paulo.

A polícia conseguiu chegar ao suspeito depois de rastrear as ligações do celular da vítima. Paulo Henrique desapareceu ao sair da festa da polenta, em venda nova do imigrante. O corpo dele foi encontrado carbonizado em Ibatiba.

O suspeito da morte já responde processo em liberdade condicional pelo crime de latrocínio e ainda é acusado de agredir a ex-companheira.



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.