Estaleiro Jurong Aracruz terá 2000 contratados até abril

Jurong1_jpg

O governador Renato Casagrande e o secretário de Estado de Desenvolvimento, Nery De Rossi, visitaram as instalações do Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) na manhã desta terça-feira (14) e assistiram a uma apresentação dos representantes da empresa sobre o andamento do projeto. O EJA já está com 40% das suas obras concluídas e deverá atingir um número de 2000 colaboradores até abril deste ano.

O governador Casagrande comemorou os números apresentados. “O empreendimento vai criar um polo naval, que representa uma nova atividade em nossa economia, e vai gerar grandes oportunidades para os moradores da região’’, destacou.

De acordo com a diretora de Relações Institucionais da empresa, Luciana Sandri, já foram investidos R$ 700 milhões no empreendimento que, até 2016, deverá contratar 6000 trabalhadores. “O estaleiro vem mudando a realidade dos moradores da região de Aracruz e do Estado. Atualmente, 92% dos nossos fornecedores são do Estado e apenas 8% dos demais estados. Cerca de 46% desses fornecedores são de Aracruz e Fundão. Além disso, em 2013 treinamos 995 pessoas e foram investidos cerca de R$ 2 milhões no Programa de Treinamento de estudantes, em parceria com o Ifes (Instituto Federal do Espírito Santo), em intercâmbio em Singapura”.

Na opinião do presidente do EJA, Martin Cheah, o andamento das obras e os investimentos realizados fazem com o Espírito Santo saia na frente no segmento da indústria naval. “O EJA vai ser um dos melhores estaleiros do Brasil do ponto de vista operacional”, disse.

Em maio deste ano, o estaleiro receberá o casco do primeiro navio-sonda que será construído no Brasil.

O empreendimento

O Estaleiro Jurong Aracruz faz parte da Sembcorp Marine, que é um grupo líder mundial de engenharia marinha e oceânica, com 49 anos de experiência e comprovada capacidade na construção de plataformas submersíveis (jack-ups) de alta especificação, com a inovadora e ágil construção de plataformas semissubmersíveis, conversão de flutuantes de produção e instalações de armazenamento, como também de engenharia e construção de plataformas oceânicas.

O projeto de instalação do estaleiro inclui um dique flutuante, um cais de atracagem, como também oficinas de acessórios de tubulação e a fabricação de aço. Após sua conclusão, o Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) terá capacidade para assumir a construção de plataformas, semissubmersíveis e jack-ups de perfuração, plataformas e embarcações de suprimentos como também de integração de FPSO (flutuantes de produção, armazenamento e descarga) e da fabricação de módulos de integração, além dos tradicionais serviços de reparos de sondas de perfuração, reparos, modificação e melhoramentos em embarcações.

Mais imagems

Jurong2_jpg
Jurong3_jpg
Jurong4_jpg
Jurong5_jpg


Publicidade


Outras Notícias


Cachoeiro se prepara para receber mais uma edição da Stone Fair

Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.