Polícia Civil prende jovem por homicídio em Cachoeiro

Unnamed

Após dois meses de investigações os policiais da delegacia de crimes contra a vida conseguiram desvendar mais um crime de homicídio e prender, por determinação da justiça, o jovem Leto Antonio Duarte Neto, conhecido por “Letinho”, 18 anos.

O crime aconteceu na noite do dia 19 de novembro de 2013 ( ano passado ) em um escadaria , que liga a linha vermelha ao bairro Ibitiquara e teve como vítima, Ricardo Pereira Batista, conhecido como Carioca, que era morador do Rio de Janeiro. Na ocasião, a Polícia Militar chegou a ser acionada e a vítima foi encaminhada para a Santa Casa mas não resistiu e acabou vindo a óbito.

Segundo as informações, a vítima foi alvejada apenas com um disparo de um revolver de calibre 22, ainda quando estava no Bairro Ibitiquara, ao ser alvejado ele correu mas caiu na escadaria.

O CRIME:

Segundo a Polícia Civil, o acusado, que tem várias passagens por envolvimento com o tráfico de entorpecentes e sempre atuou na região dos bairros Ibiquara e Nossa Senhora da Penha, além do bairro Bela Vista. Segundo as investigações, a vítima, usuária de entorpecentes, estava em debito de R$ 20,00 relacionado a compra de drogas com o acusado, e, como não pagou na data de 19 de novembro do ano passado , a vítima estava junto com uma amigos em um bar, ao vê-lo, o acusado que estava de posse de uma arma do tipo revolver, calibre 22, na cintura, sacou da arma e efetuou dois disparos contra a vítima.

Um dos disparos acertou no tórax da vítima, que correu pelas ruas do bairro baleado. Segundo a polícia, apesar de várias pessoas presenciarem o crime a Delegacia de Crimes Contra a Vida ( DCCV ) teve muito trabalho para chegar ao acusado, já que foram poucas as informações passadas a polícia.

Após identificar o autor, o Delegado da delegacia de Crimes Contra a Vida, Guilherme Eugênio, representou pela internação do acusado, que na ocasião dos fatos era menor e foi atendido pela Justiça.

Em cumprimento ao mandado de prisão os policiais foram a residência de Letinho e não o encontrou, mas ao saber que estava sendo procurado, o acusado compareceu a Delegacia de Policia Judiciária acompanhado de seu Advogado, mas depois de prestar depoimento , o rapaz recebeu voz de prisão.

Em suas declarações, o rapaz negou que a motivação do crime foi dívida de entorpecentes e alegou que matou a vítima pois estava sendo ameaçada por ter derramado em Ricardo um copo de cerveja, que segundo ele, foi sem querer.

Leto foi encaminhado a exame de corpo de delito no IML e em seguida foi transferido para o IASES em Cachoeiro..

Fonte: Ronaldo Indio Brasil

Mais imagems

Unnamed (1)


Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.