Blitze em sorveterias e piscinas até fevereiro

Sorvete

A Vigilância Sanitária Cachoeiro de Itapemirim visita durante janeiro e fevereiro clubes sociais, piscinas de uso público e sorveterias, locais que registram aumento de demanda durante o verão.

Os fiscais vão a estabelecimentos da sede do município e nos distritos. Nas piscinas, são avaliados a qualidade e a condição da água, banheiros, saunas, lanchonete ou restaurante, bebedouros, equipamentos para exercício e brinquedos infantis.

De acordo com o coordenador de Fiscalização da Vigilância Sanitária Municipal, Luciano Fabris, o objetivo é garantir a qualidade nos serviços prestados. “Estamos com cerca de seis fiscais com escala especial exclusiva para essas visitas. Além de cobrar as adequações, eles orientam os proprietários e gerentes sobre os procedimentos”, destaca.

Nas sorveterias, são vistoriadas as áreas de industrialização e de venda, incluindo equipamentos, origem e higiene no manuseio do produto. Os estabelecimentos que são notificados têm um prazo para regularização de acordo com a infração identificada.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.