Cresce o número de mortes no setor de rochas ornamentais do ES

Acidente trabalho

O número de trabalhadores que morreram no setor de rochas ornamentais no Espírito Santo cresceu em 2013, em relação a 2012. Segundo dados do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Mármore e Granito (Sindimármore-ES), 12 pessoas morreram enquanto trabalhavam na área, em 2013, duas a mais que no ano anterior. Ainda de acordo com o Sindimármore, o município de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do estado, foi o que teve mais registros de vítimas, com 10 mortes. O sindicato patronal afirmou que as empresas estão investindo na segurança dos profissionais.
De acordo com o presidente do Sindimármore-ES, Aguinaldo Grillo, as mortes estão relacionadas com a movimentação de cargas e choques elétricos, dentro da própria empresa. "A maioria das empresas, infelizmente, ainda não vê a saúde e segurança dos trabalhadores como um investimento que tem que ser feito, e sim como custo. Não investir em segurança e saúde no local de trabalho de seus funcionários muitas vezes leva aos acidentes’, disse.
O Sindimármore disse que vai recorrer ao Ministério Público Estadual para evitar mais mortes no setor. "A intenção é chamar o Sindirochas, junto com o Sindimármore e Ministério Público, para que a gente possa conversar sobre esses acidentes e dessa forma tentar achar uma maneira para eleminar esse risco na maioria da empresas de marmore’, disse Grillo.
De acordo o Sindicato das Empresas de Rochas Ornamentais (Sindirochas-ES), as empresas estão investindo em segurança e qualificação de seus profissionais. "O Sindirochas fechou outra parceria com o Sesi e com o Senai para tornar as empresas do setor de rocha em empresas modelos no sistema de saúde e segurança do trabalho. Para isso já temos técnicos disponíveis no setor para orientar os empresários como proceder pra praticar com toda a segurança em termo de equipamentos e qualificação dos funcionários, para ver se em 2014 a gente não tem esse tipo de acidente nas empresas’, afirmou o presidente do Sindirochas, Samuel Mendonça.

Fonte: Folha do ES



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.