Cursos técnicos: conheça a realidade de alunos beneficiados com a formação educacional

Cursotecnicosedu

O mercado de trabalho atualmente é muito concorrido e cada vez mais exige conhecimento e experiência dos candidatos interessados em iniciar uma carreira profissional. Para agilizar a entrada nesse mercado, muitos estudantes optam em fazer cursos de formações técnicas, anualmente oferecidos por meio do Governo do Estado em parceria com instituições educacionais do Espírito Santo.

Lucas da Silva Bernadino, de 18 anos, ex-aluno da Escola Estadual Florentino Ávidos, localizada no município de Vila Velha, fez o curso Técnico em Contabilidade por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Apaixonado pela área de exatas, o esforço e dedicação de Lucas durante o período de estudos renderam “bons frutos” ao aluno. Após o início do curso, imediatamente Lucas conseguiu um estágio, seguido da primeira contratação efetiva na área de atuação escolhida.

“Fiquei muito feliz com a formação, pois pude aprender muitas coisas, tanto na teoria quanto na prática, método que tornou as aulas bem dinâmicas, facilitando meu aprendizado em sala de aula. O que mais me chamou a atenção durante o curso foi a área fiscal”, lembrou o rapaz.

Referente ao futuro, Lucas pretende expandir ainda mais os seus conhecimentos e já pensa em uma faculdade, tendo como expectativa montar o próprio negócio. “Por enquanto vou continuar trabalhando para outras empresas, uma forma de conhecer com mais detalhes a profissão. Assim que terminar meu curso superior e adquirir mais experiência, vou abrir meu escritório”, afirmou o adolescente.

Já o setor Administrativo contagiou o jovem Andrey Gomes Gonçalves, de 20 anos, ex-estudante da Escola Estadual Hidelbrando Lucas, situada em Vitória. O jovem, que sonha em se tornar um grande empresário, revela o motivo de buscar uma formação técnica.

“A área de Administração é muito ampla, sempre há vagas no mercado de trabalho e isso foi um fator que me estimulou a estudar nesse curso. Espero que assim como eu, outros jovens também se interessem pelas formações técnicas, que realmente podem possibilitar a mudança de vida em qualquer um, basta ter interesse e correr atrás”, argumentou.

A gerente de Educação Profissional, Maria Aidê Roldi Mattos, atuante na Secretaria de Estado da Educação (Sedu), enfatiza os benefícios e o diferencial da formação técnica.

“A principal vantagem de quem faz um curso técnico é o acesso mais rápido ao mercado de trabalho dentro da sua área de atuação. Em média, os cursos técnicos têm duração de dois anos e o estudante, normalmente, tem mais facilidade para obter uma vaga de estágio. Isso é um fato surpreendente e muito positivo”, finalizou a gerente.

Oferta 2014

O ano de 2014 já começou de maneira bem positiva, cheio de oportunidades para alunos que desejam iniciar uma formação técnica. Seguem até o dia 14 de fevereiro as inscrições para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). São 3.951 vagas destinadas a Formação Inicial e Continuada (FIC) em 34 cursos diferenciados, oferecidos por meio da “Rede Formar”.

A oferta, para estudantes da 2ª ou 3ª série do ensino médio regular nas escolas estaduais ou em instituições privadas na condição de bolsista integral, abrange 53 municípios, tais como Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Colatina, Presidente Kennedy, dentre outros.

No ato da inscrição, que deve ser feita pelo endereço eletrônico www.educacao.es.gov.br/PRONATEC, o candidato deve informar o número do CPF – e também registro de matrícula e data de nascimento, no caso dos alunos da rede estadual – e optar apenas por um curso e um turno, desde que não seja o mesmo turno em que esteja matriculado na escola.

Os cursos têm curta duração – de 160 a 320 horas (três a seis meses) – e o propósito de iniciar o jovem no mundo do trabalho. Os cursos contam com as parcerias do Ifes, Senai, Senac e Senat, que passam por diversas áreas, da administrativa à industrial, com oferta também no setor de comércio e serviços.

Entre outras opções, o aluno poderá escolher formação para ser programador de web, modelista ou cuidador de idoso, sendo a última uma das novidades desta edição.

O resultado será divulgado no dia 18 de fevereiro, no site da Sedu, e as aulas começam a partir de março.



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.