Após ameaçar processar deputado por homofobia Preta Gil vira Diva Madrinha da Parada Gay

Pretagil-rodrigodosanjos-agnews-materia

Preta Gil ganha cada vez mais destaque como personalidade na luta pelos direitos dos homossexuais.

A cantora será nomeada a primeira Diva Madrinha da Parada Gay de São Paulo e do Gay Day Experience, o evento beneficente da Parada, de acordo com o jornal O Dia, desta quarta-feira (30).

Preta recebe o tí­tulo na noite de hoje.

Ainda este ano, a ONU (Organização das Nações Unidas) instituiu que 2011 será o Ano Internacional dos Afrodescendentes. Preta Gil, também engajada na luta contra a discriminação racial, foi nomeada a representante.

Nesta terça-feira (29), ela prometeu processar o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) que deu declarações polémicas de racismo e homofobia no programa CQC (Band), no dia anterior.



Publicidade


Outras Notícias


Espírito Santo enfrenta desafio de vencer transmissão vertical do HIV, da hepatite B e da sífilis

Leptospirose é doença grave e transmitida por água contaminada de enchentes

Publicado decreto que autoriza uso do FGTS para compra de próteses

Saiba mais sobre as vacinas contra a gripe disponíveis no Brasil

Santo Apolônio, seu amor a Deus foi concreto

Inscrições para Cachoeirense Ausente de 2018 abrem nesta sexta (23)

Desfile e mostra cultural festejam emancipação de Cachoeiro

“A defesa da água é a defesa da vida”, afirma Papa

São Zacarias, Papa

Mais de cinco mil assinaturas reivindicam asfalto em comunidades de Alegre

São Nicolau de Flue, eremita

Prefeitura de Cachoeiro tenta disciplinar trânsito em cruzamento

Pai é preso suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Marataízes

PM encontra pé de maconha dentro de casa em Cachoeiro

Torta Capixaba Orgulho da Nossa Gastronomia

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.