Após ameaçar processar deputado por homofobia Preta Gil vira Diva Madrinha da Parada Gay

Pretagil-rodrigodosanjos-agnews-materia

Preta Gil ganha cada vez mais destaque como personalidade na luta pelos direitos dos homossexuais.

A cantora será nomeada a primeira Diva Madrinha da Parada Gay de São Paulo e do Gay Day Experience, o evento beneficente da Parada, de acordo com o jornal O Dia, desta quarta-feira (30).

Preta recebe o tí­tulo na noite de hoje.

Ainda este ano, a ONU (Organização das Nações Unidas) instituiu que 2011 será o Ano Internacional dos Afrodescendentes. Preta Gil, também engajada na luta contra a discriminação racial, foi nomeada a representante.

Nesta terça-feira (29), ela prometeu processar o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) que deu declarações polémicas de racismo e homofobia no programa CQC (Band), no dia anterior.



Publicidade


Outras Notícias


PREFEITURA DE CACHOEIRO E SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE AMPLIA EXAMES

Caminhoneiro sofre sequestro-relâmpago e tem caminhão roubado em Cachoeiro

Motorista morre afogado em Itapemirim

Jovem de 15 anos morre após perder o controle de motocicleta na curva de Boa Vista, em Marataízes.

Público não comparece ao Carnaval de Cachoeiro

São Martiniano - O jovem eremita

Caminhão e carro batem de frente e duas pessoas morrem na BR 101 em Atílio Vivácqua

Campanha coleta mais de 40 toneladas de lixo eletrônico em Cachoeiro

Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.