Homens são presos com 1,5 kg de crack na Safra

Trafico_160_80

Uma denúncia anônima levou policiais do grupo de inteligência da Policia Militar de Cachoeiro de Itapemirim a flagrar dois suspeitos de tráfico de drogas.

A prisão aconteceu após cerco policial na localidade de Safra, na madrugada de ontem, por volta de 1h30. Com a dupla foram apreendidos cerca de 1,5 quilo de crack, revólver e pouco menos de R$ 3,5 mil em dinheiro.

Segundo a polícia, Ronaldo Pereira Pinto, de 31 anos, e Julio César Moulin da Silva, 36, foram surpreendidos no momento em que realizavam a negociação da droga, trazida pelo primeiro suspeito, de Campos, onde mora, para ser distribuída em Cachoeiro.

A arma – encontrada com Júlio César, cachoeirense – e o dinheiro apreendidos seriam o pagamento pelo crack.

A PM autuou os dois homens em flagrante e os levou para o centro de detenção provisória local. Os carros em que estavam no momento da abordagem também foram confiscados. Trata-se do VW Fox MRA-9687 e do Fiat Pálio MTM-5917.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.