Vigilância Sanitária fiscaliza casas para prevenir dengue

Dengue

A maioria dos focos do mosquito da dengue está no ambiente doméstico. Por isso, a equipe de fiscalização da Vigilância Sanitária de Cachoeiro de Itapemirim visita casas em diversos bairros para identificar criadouros do Aedes aegypti e orientar moradores.

Caixas d’água descobertas, pneus em área aberta e terrenos baldios são os problemas mais encontrados pelo órgão da Secretaria Municipal de Saúde. Também são alvos da operação pratos de vaso de planta, tambores usados como reservatórios de água, piscinas não tratadas, calhas, lajes e toldos, entre outros depósitos.

“Até o momento, as residências dos bairros Coramara, Zumbi e Nossa Senhora Aparecida apresentaram a maior quantidade de possíveis criadouros”, conta o gerente de fiscalização da Vigilância Sanitária, Luciano Fabris.

Os donos dos imóveis onde as irregularidades são identificadas recebem notificação, inicialmente, e podem ser multados se não tomarem as devidas providências. “Em até 15 dias, voltamos às casas notificadas para verificar se o problema foi sanado. Caso não tenha sido, aplicamos multa de R$ 500, valor que dobra a cada reincidência”, explica o gerente.

Nesta terça-feira (11), os fiscais percorrem os bairros Monte Cristo e Alto Monte Cristo. Recanto e Gilberto Machado recebem a ação na quinta (13). Aeroporto, Boa Vista, Rui Pinto Bandeira, Marbrasa, São Lucas e Caiçara já foram visitados pela equipe.

“A população tem papel fundamental nas ações de combate à dengue e precisa colaborar. É importante tirar alguns minutos na semana para eliminar os depósitos de água parada que estão dentro de casa”, alerta Fabris. A Vigilância Sanitária de Cachoeiro também recebe denúncias sobre imóveis com focos de dengue, pelo telefone 3155-5240.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.