Criação de tilápias é incentivada nas montanhas capixabas

Tilapia

A riqueza da preservação ambiental da Mata Atlântica na região das montanhas capixabas tem possibilitado a ampliação do cultivo de peixes nas propriedades rurais

A riqueza da preservação ambiental da Mata Atlântica na região das montanhas capixabas tem possibilitado a ampliação do cultivo de peixes nas propriedades rurais. Esse é o caso de Marechal Floriano. Com mais de 45% de reserva do bioma Mata Atlântica, o município possui muitas nascentes, córregos e rios que têm sido aproveitados para a criação de tilápias.

Diante desse cenário, o Incaper realizou uma Demonstração de Método de Despesca de Tilápia, na propriedade do senhor Paulo Cesar Gilles, também proprietário do restaurante “Casa da Bica”, em Victor Hugo, Marechal Floriano. Há dois anos, ele cria tilápia em tanques redes e é assistido por técnicos do Incaper e da Secretaria Municipal de Agricultura de Marechal Floriano. Atualmente, possui 12 tanques.

“Aproveitamos a ocasião em que ocorreria a retirada de dois tanques rede na propriedade do senhor Paulo e realizamos orientações técnicas sobre esse procedimento”, relatou o técnico em agropecuária, Valério Monteiro. O produtor alimenta os peixes três vezes ao dia e tem conseguido uma média de 700 gramas por peixe em um ciclo de 6 a 7 meses. Na despesca de um tanque rede, foram capturados 500 peixes, o equivalente a 400 quilos.

Como o produtor é sócio da Associação Capixaba de Aquicultores (ACA), que tem sede em Muniz Freire, os peixes são transportados mortos para lá, onde é feito o processamento. Após processado, o filé da tilápia volta novamente para o produtor que pode comercializá-lo. No caso do Paulo Cesar, é vendido no restaurante com significativo valor agregado.

Na Demonstração de Método de Despesca de Tilápia, o produtor apresentou aos demais agricultores que participavam da atividade as vantagens e desvantagens que encontra nesse ramo. “Estou muito satisfeito com a atividade, porém, acho que o processamento deveria ser realizado no município para diminuir as despesas. Além disso, acredito que o preço alto da ração pode ser diminuído”, explicou.

“O Incaper e a Secretaria de Agricultura de Marechal têm incentivado os produtores a aderir a novas atividades na zona rural, que utilizem pouco espaço físico, mas com alta rentabilidade, como é o caso da piscicultura. Também é uma maneira de aproveitar os recursos hídrocos da região. Além de piscicultura, temos incentivado a apicultura, floricultura, horticultura, entre outras”, afirmou o chefe do escritório local do Incaper em Marechal Floriano, Cesar Abel Krohling.

Fonte: FMZ



Publicidade


Outras Notícias


Bienal Rubem Braga terá encontro nacional de literatura fantástica

Dia D de vacinação contra gripe em Cachoeiro é no sábado (12)

Inscrições no Enem já começaram

Inscrições para o Enem passam de 200 mil em uma hora e meia

São Pedro de Tarantásia, foi um homem pacificador

Diocese de Cachoeiro adota medidas para evitar contágio de gripes

Santa Casa lança campanha para incentivar mulheres a doar sangue

Estudantes são assaltadas na porta de faculdade em Cachoeiro

Homem é morto durante tentativa de assalto em Cachoeiro

Nasceu; e agora? Psicólogos explicam como lidar com a depressão pós-parto

Atenção, motoristas! IPVA de veículos com finais de placas de 6 a 0 começa a vencer

Prorrogado para 10 de maio prazo para renovar contratos do Fies

Campanha de vacinação em todo o país vai até 01 de junho

Conta de luz: Em maio bandeira tarifária mais cara

São Floriano, padroeiro dos bombeiros

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.