Justiça condena três pessoas por extração irregular de areia na APA Guanandy

Justica

Três pessoas foram condenadas pela Justiça por extração irregular e comercialização de areia na Área de Proteção Ambiental (APA) Guanandy, em Itapemirim, sul do Estado. A ação irregular foi descoberta durante a Operação Tatuí, promovida pela Polícia Federal para investigar as operações ilegais de extração de areia na região.

O Ministério Público Federal em Cachoeiro de Itapemirim conseguiu a condenação do motorista Adriano Mulinari Porto, do comerciante Eliézio José Dalmolin Bindele e do operador de máquinas Fábio Meneguelli Vieira, que terão que prestar serviços à comunidade, além de pagar multa e prestação pecuniária à entidade com destinação social.

A condenação foi baseada no crime previsto no Artigo 2º da Lei nº 8.176/91, que diz: “constitui crime contra o patrimônio, na modalidade de usurpação, produzir bens ou explorar matéria-prima pertencentes à União, sem autorização legal ou em desacordo com as obrigações impostas pelo título autorizativo”.

Segundo a denúncia, o motorista comandava a ação de forma corriqueira, mesmo ciente de que a atividade era ilegal, usando um caminhão de propriedade do operador de máquinas para transportar a areia do local da extração ao depósito. O produto era, então, fornecido ao comerciante, dono de uma loja de material de construção em Piúma, que distribuía a mercadoria para vários clientes.

A extração de areia depende de autorização do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), porque esta faz parte do patrimônio da União. A exploração minerária em espaços territoriais especialmente protegidos, como as Áreas de Proteção Ambiental, é proibida pelo Artigo 188 da Constituição do Estado do Espírito Santo.

A APA Guanandy foi criada em 1994 e, por sua relevância biológica, é considerada prioritária para conservação. Abriga também o Monte Aghá, formação rochosa natural de 300 metros de altitude, que é referência para quem visita as praias de Itapemirim e Piúma. Atualmente, a APA e o Monte também são ameaçados pelos projetos portuários previstos para serem implantados no Estado nos próximos anos.



Publicidade


Outras Notícias


Novas suspeitas de obras superfaturadas em Presidente Kennedy

Santos Rodrigo e Salomão - Sacerdotes mártires

Veículo com marcas de tiros é encontrado abandonado em bairro de Cachoeiro

Soldados do Exército chegam à Cachoeiro e já atuam em pontos estratégicos

Sesa atualiza dados de febre amarela

ProUni: estudantes capixabas ganham mais prazo para apresentar documentos

Fespes vai denunciar Estado Brasileiro a entidades internacionais de direitos humanos pelo caos no ES

Procurador-geral da República vem ao Estado para dar aval à 'reforma da PM'

Governo abre processo contra 703 militares envolvidos em ‘revolta armada’

Famílias de militares seguem irredutíveis na porta dos batalhões

Nossa Senhora de Lourdes

São Miguel Febres - Padroeiro dos pedagogos

Atenção! Excesso de peso na mochila pode prejudicar saúde das crianças

Peritos aceleram liberação de cadáveres para receber mais corpos no DML

ARENA VERÃO 2017 COMEÇA NESTE FINAL DE SEMANA EM MARATAÍZES

D1 Notícias ©2010-2011. Todos direitos reservados.